Os Últimos Dias
de Glória
O que é RPG
Página Principal
A Comitiva da Fé
Definição
Histórias
Última História
Personagens
Jogadores
Galeria de Arte
Diversos
Forgotten Realms
 Definição
 Geografia 
 Divindades
 O Mundo
 Organizações
 Personagens
Artigos
 Galeria
Suplementos
Autores
Site
 Matérias
 Downloads
 Notícias
 Parceiros
Links
 Sobre o Site
 Glossário
 Créditos
Mensagens Arcanas
E-mail


powered by FreeFind

Coletânea dos Reinos
 
As Pequenas Prensas de Águas Profundas, Parte Quatro
IV: Impressores dos Esplendores
Por Ed Greenwood
Tradução por Ricardo Costa.


Concluindo nossa lista de livretos notáveis:

O Dragão Sombrio

O Dragão Sombrio é um tomo claramente lascivo que é notório pelos vívidos detalhes de sua grande narrativa sem enredo, que aborda sobre convidados que são conquistados por paixões no misterioso castelo do Dragão Sombrio.

Formato: 36 páginas, encadernado em negro, com uma tira de couro que fecha o livro, decorada para se parecer uma cauda de dragão.

Preço Típico de Revenda: 7 po.

Trecho do livro: E abaixo de seus dedos tensos -- e da chama ardente de seu desejo -- sua túnica foi retirada e....

O Olho Móvel de Nargeth, e as Maravilhas que Ele Testemunhou

Um tomo obsceno mais humorístico e menos tórrido que o notório Dragão Sombrio, O Olho Móvel de Nargeth, e as Maravilhas que Ele Testemunhou trata de condutas amorosas vista pelo olho arcano do jovem mago Nargeth, que tinha a afinidade por esconder-se em armários de grandes mansões e castelos e observar a vida... e... mostrá-la.

Formato: 34 páginas, encadernado em camurça clara, com um único olho fixo (com um sorriso abaixo dele), gravado na capa.

Preço Típico de Revenda: 5 po.

Trecho do livro: Risadinhas e gargalhadas pareciam guerrear do outro lado daquela porta. Um guarda de passagem lançou um olhar carrancudo de inveja na direção daquela escuridão fechada, enquanto Nargeth urgentemente procurava um buraco, não importa quão pequeno fosse, que permitisse seu globo sorrateiro avistar o dormitório da princesa....

A Rosa de Inverno Remoto: O Amor Conquista as Trevas

O mais popular entre dúzias de romances femininos adorados diz mais respeito aos assuntos do coração do que da carne, A Rosa de Inverno Remoto: O Amor Conquista as Trevas é ambientado na cidade de Inverno Remoto, porém nenhum habitante real reconheceria (a fictícia Inverno Remoto é uma distante cidade do norte, de castelos interligados, rodeados por um cuidado bosque "jardim", onde é sempre quente, sempre existe um ambiente agradável). Esta narrativa longa possui muitas páginas, margens pequenas e letras ainda menores. Ela segue Rosa, a mais bela das "setenta damas perdidas de amor de Inverno Remoto", e os seis príncipes rivais de terras distantes que chegam em uma "noite onde os lobos uivam", e que procuram conquistar o seu coração.

Formato: 36 páginas, encadernado em castanho, com um título grande estampado na capa em letra cursiva (caracteres pintados em prata)

Preço Típico de Revenda: 4 po.

Trecho do livro: Eles retiraram suas luvas ao mesmo tempo, saudando um ao outro com gestos corteses, e então -- o Príncipe Haundrath, de olhar carrancudo e sombrio, audaciosamente, e Rosa devagar, com o avanço de sua mão ainda relutante -- tocaram e uniram as pontas dos dedos.

Sua pele era lisa, firme e ainda surpreendentemente fria, e aquela vibração gelada a percorria. Ela sentiu calafrios e calores, seus olhos se acenderam e o que poderia ser chamado de uma explosão de chamas, e Rosa sentiu um calor que rivalizava com o inferno vindo daquelas duas órbitas que percorriam de seu peito, garganta e face. Sem pensar, ela inclinou-se para frente,ansiando por encontrar aquele fervor -- e ergue-se ou sentir com frio mais uma vez, quando uma alegre voz disse, de repente, bem atrás dela, "Mas como, vocês dois? Apaixonando-se antes do banquete do meio-dia? Impetuosos como camareiras?"

Era o Príncipe Murnlarreo, gozador como sempre, com sua face estonteantemente bela portando um sorriso que não conseguia esconder a dor que espreitava em seus olhos cinza-tempestade. Aqueles olhos, aqueles olhos magníficos!

Assim que Rosa voltou sua cabeça para fitar os olhos dele, afastou-se do ainda mais carrancudo Haundrath, e sentiu-se atraída irremediavelmente às profundezas convidativas das órbitas reais de Murnlarreo....

O Mistério do Esporão Negro

Uma excentricidade entre os livretos que nunca falha em incendiar debates entre colecionadores e sábios é o Esporão Negro, uma obra curiosamente formal de ficção, que pretende recontar as disputas, intrigas, e romances dentro de uma grande e luxuosa casa de uma fictícia família nobre de Águas Profundas. Muitas pessoas acreditam que sua prosa encerra encantamentos, para aqueles que sabem como procurar por eles. Esta e outras estranhas crenças sobre o Esporão têm sido ventiladas pelo fato de cada cópia do livreto ser levemente diferente, com parágrafos ou linhas adicionadas, omitidas ou alteradas. Certos ricos colecionadores da cidade (que aprenderam a permanecer anônimos desde que os que vieram a público, um após outro, sofreram roubos e assassinatos) tentam durante anos acumular a maior quantidade possível de cópias do Esporão.

As últimas duas mil cópias do Esporão foram impressas a vinte e quatro invernos atrás, por uma prensa desconhecida e por autor anônimo. A Torre Cajado Negro é conhecida por manter mais que uma dúzia de cópias, e todas as casas nobres gostariam de ter ao menos uma cópia cada (para procurarem o que dizem ser referências levemente veladas sobre nobres verdadeiros, não necessariamente descartando o interesse de caçar qualquer feitiço). O rumor mais duradouro insiste que o feitiço escondido nas cópias do Esporão é um encanto de destruição que pode ser lançado para devastar Águas Profundas se for apropriadamente completado. Existem outros rumores que dizem que o feitiço irá fazer com que as Estátuas Andarilhas atuem em alguma tarefa desconhecida, ou causar o colapso do Castelo em Porto do Crânio, ou forçar todas as coisas vivas a deixarem a Montanha Subterrânea ou os esgotos em direção às ruas da cidade.

Produção de Livretos

Preços de revenda de livretos usados variam com a demanda, mas os valores pagos pelos impressores para produzir um livro podem ser resumidos assim:

A maioria dos impressores paga a um autor uma taxa fixa por tomo (sem direitos autorais) de 6-12 po (8-10 é a média), apesar da taxa poder ser muito maior para livros "com demanda pelo público", como os que contam as histórias das celebridades do momento. Artistas são pagos com 1 pp por ilustrações ou uma po por todas as ilustrações necessárias para um livro (muitos editores reciclam as respectivas reproduções para vários tomos futuros, sem pagar nem uma moeda a mais para o artista: uma vez que a gravura é vendida, torna-se propriedade do comprador.)

Livretos impressos recentemente são normalmente vendidos para distribuidores (que raramente aumentam mais que 2 ou 3 po ao preço, a fim de não ser superado por outro vendedor) por 2 a 4 po cópia.

Águas Profundas é a lar de literalmente centenas de impressores, porém os mais conhecidos (e considerados) são o Nanalo (Nanalo Druen, face norte da Rua Keltarn, duas portas á leste da Rua da Prata, Distrito do Castelo) e a Casa das Penas Afiadas (Porta-vozes: Immarsk Tanthuulen e Blaela Murrowind; face sul da Rua Julthoon, três portas a oeste da Rua Gothal). Geralmente, os impressores respeitáveis, esses com muito dinheiro, mas alguns ricos rebeldes e independentes, estão localizados no norte do Mercado ("acima do castelo") e os menos respeitáveis fabricantes de livretos de baixa qualidade estão no sul, ou ("abaixo do castelo"). O mais notório do ramo do "imprimo qualquer coisa", Papo de Malikho, pode ser contactado somente se for procurando junto a seguranças de certas tavernas do Distrito Portuário para arranjar encontros clandestinos.



Sobre o Autor

Ed Greenwood é o homem que lançou os Reinos Esquecidos em um mundo que não os esperava. Ele trabalha em bibliotecas, escreve fantasia, ficção científica, terror, mistério e até estórias de romance (às vezes coloca tudo isto em um mesmo livro), mas está ainda mais feliz escrevendo Conhecimento dos Reinos, Conhecimento dos Reinos e mais Conhecimento dos Reinos. Ainda existem alguns quartos em sua casa com espaço para empilhar seus escritos.

Os Últimos Dias de Glória © Todos os direitos reservados 2004 - Forgotten Realms™ e seus personagens são marcas registradas da Wizards of The Coast Inc.
This page is a fan site and is not produced or endorsed by Wizards of the Coast. Forgotten Realms is a registered trademark of Wizards of the Coast, Inc.