Os Últimos Dias
de Glória
O que é RPG
Página Principal
A Comitiva da Fé
Definição
Histórias
Última História
Personagens
Jogadores
Galeria de Arte
Diversos
Forgotten Realms
 Definição
 Geografia 
 Divindades
 O Mundo
 Organizações
 Personagens
Artigos
 Galeria
Suplementos
Autores
Site
 Matérias
 Downloads
 Notícias
 Parceiros
Links
 Sobre o Site
 Glossário
 Créditos
Mensagens Arcanas
E-mail


powered by FreeFind

Coletânea dos Reinos
 
Melvos Forjaestrelas, Parte Cinco
Uma Próspera Carreira
Por Ed Greenwood
Tradução por Ricardo Costa.


O Silencioso Senhor de Terras

Com alguns dos termos e ambientes diários que rodeiam Melvos Forjaestrelas cobertos, nós podemos começar a examinar algumas de suas milhares de investidas comerciais. Deve-se lembrar que quase todo sembiano com ambição e forma física suficiente para estar no mundo dos negócios tem uma gama semelhante de interesses.

Como mencionado anteriormente, Forjaestrelas se engaja abertamente nos seguintes interesses comerciais saerloonianos: mistura de vinhos, o comando de uma equipe que conserta telhas de madeira, o que nós podemos chamar de um investimento “silencioso” em uma loja de sapatos e no círculo de moedas Palma Cheia de Sundul; divide a posse de duas casas altas na rua Pranthar, que lhe retornam aluguéis. Estas atividades “públicas” (isto é, reveladas aos agentes do governo, e não para qualquer um que faça perguntas em uma taverna ou na rua) lhe dão somente um sexto de seu lucro.

Forjaestrelas arrecada a maioria de suas moedas de muitas formas. Uma delas é sendo um senhor de terras.

No nome de um antigo parceiro comercial falecido, Darmeer Horath, Forjaestrelas coleta aluguéis em três casas altas saerloonianas. Uma é um edifício gasto dividido em quartos próximo das docas, onde (usando nomes de outras pessoas) ele aluga três quartos para vários inquilinos fictícios, e os subloca cada um destes quartos para seis ou mais locatários. Estes moedas cobrem seus custos diários (principalmente a comida). Tempos atrás, Horath fez um acordo com a Tarmrose & Filhos, uma certa firma importadora baseada em Portão Ocidental (na verdade engajada em contrabandear drogas e bebidas), e esta casa alta decadente seria seu escritório oficial na cidade, e assim eles pretendiam abrir uma firma sembiana para evitar pesadas taxas de importação em seus carregamentos “encobertos”. Tarmrose paga a taxa anual de propriedade do edifício através de um fator de viagem (um seguro comercial agenciado em Portal Ocidental), e em troca Forjestrelas dá a ele o inteiro anonimato do uso de uma suíte em uma de suas duas outras casas altas como um local de esconderijo quando for necessário. Assim Tarmrose nunca precisará estar com a metade da cidade em seus escritórios—caso as autoridades se tornem suspeitosas de seus carregamentos.

Horath morreu “em caravana” fora da Sembia, e as autoridades ainda não estão a par da sua morte. Eles estão procurando por ele, para que pague taxas – porém, estão procurando também um monte de pessoas que não pagam taxas. Forjaestrelas finge ser o coletor contratado de Horath, mas ele próprio espera por ele para que pague por este serviço. Ele possui títulos de feito (forjados) prontos para o dia em que o governo tentar confiscar os prédios (o que é feito quando os sembianos morrem sem deixar herdeiros, mesmo que tenham credores -- mas não se deixarem títulos de feitos a serem pagos).

Deste modo, os aluguéis da sua casa alta da alameda Muitasredes são lucro sem taxas para Forjaestrelas, que não dá manutenção no lugar. Ele não tem uma garantia (seguro) contra vendaval ou desmoronamento, mas têm uma apólice contra incêndio – e um arranjo secreto com uma gangue de rua próxima (a quem paga para, a cada semana, espionar as ações dos seus inquilinos e dos vizinhos) para por fogo nas ruínas caso a casa alta entre em colapso.

A segunda e a terceira propriedades ficam na mais respeitável rua Bellmaur. Uma é inteiramente oferecida com quartos bem mobiliados que ocupam meio piso e que permitem aluguéis mensais de até 12 PO. O único “negócio singular” de Forjaestrelas aqui é uma única suíte no seu quarto piso, que permanece vazia para ser usada como lugar de esconderijo ou de encontros para negociações escusas, ou para alugar para colegas de negócios (por taxas bastante exorbitantes) se estes precisarem às pressas de um lugar para se esconderem.

A outra casa alta têm uma costureira no piso térreo, e três caras suítes que ocupam cada uma um andar inteiro acima. O truque aqui é que a costureira, Lharal das Agulhas, não é apenas uma costureira: ela é a madame de seu próprio bordel de luxo, localizado nos pisos imediatamente acima do dela. Lharal paga as taxas como costureira, mas os quartos acima não pagam nenhuma, e “esquece” de comunicar sua parcela nos lucros – Apenas Forjaestrelas tem uma parte do lucro dela, em uma taxa para cada locatário fictício de cada andar, e faz vistas grossas para o que realmente acontece ali. Quando ele ou um amigo de negócios querem algumas intimidades e repartir a cama com alguém, não pagam nenhuma taxa.

Melvos é cuidadoso em pagar todas as suas taxas prontamente em todas as propriedades que abertamente possui, e faz o que os mais esforçados dos sembianos com poucas moedas fazem: compram edifícios adjacentes aos seus assim que se tornam disponíveis, na esperança de algum dia vender um grande pedaço de terra à um preço atraente para alguém que queira construir uma grande casa alta ou uma mansão.

Emprestar moedas pode ser outra maneira para os mercadores fazerem dinheiro. Veja mais no próximo capítulo!



Sobre o Autor

Ed Greenwood é o homem que lançou os Reinos Esquecidos em um mundo que não os esperava. Ele trabalha em bibliotecas, escreve fantasia, ficção científica, terror, mistério e até estórias de romance (às vezes coloca tudo isto em um mesmo livro), mas está ainda mais feliz escrevendo Conhecimento dos Reinos, Conhecimento dos Reinos e mais Conhecimento dos Reinos. Ainda existem alguns quartos em sua casa com espaço para empilhar seus escritos.

Os Últimos Dias de Glória © Todos os direitos reservados 2004 - Forgotten Realms™ e seus personagens são marcas registradas da Wizards of The Coast Inc.
This page is a fan site and is not produced or endorsed by Wizards of the Coast. Forgotten Realms is a registered trademark of Wizards of the Coast, Inc.