Os Últimos Dias
de Glória
O que é RPG
Página Principal
A Comitiva da Fé
Definição
Histórias
Última História
Personagens
Jogadores
Galeria de Arte
Diversos
Forgotten Realms
 Definição
 Geografia 
 Divindades
 O Mundo
 Organizações
 Personagens
Artigos
 Galeria
Suplementos
Autores
Site
 Matérias
 Downloads
 Notícias
 Parceiros
Links
 Sobre o Site
 Glossário
 Créditos
Mensagens Arcanas
E-mail


powered by FreeFind

Coletânea dos Reinos
 
O Garota Risonha, Parte Um

Por Ed Greenwood
Tradução por Ricardo Costa.


Rumores na Lenda Brilhante

Lá, além do mais perigoso trecho de águas na Orla de Vilhon, está a Baía Agitada (“Orthgalass” para elfos, anões e gnomos), a passagem estreita e assolada pelas marés que está entre Hlondeth e o mar aberto da Orla. Incontáveis navios têm sido levados para estas costas pedregosas por ondas bravias e lá se despedaçam ou fazem água e vão a pique ao fundo do golfo turvo para se juntar a outro naufrágio ou serem destruídos pelas águas agitadas. Em particular, duas “ondas permanentes” que se cruzam (conhecidas como “Dedos de Umberlee” ou “Deleite de Umberlee”) desenvolvem certas condições e movimentos, impedindo que qualquer embarcação passe por elas incólume – e agindo como uma barreira para os objetos submersos, prevenindo que estes sejam carregados da baía para a Orla.

Mesmo nas marés baixas, somente barcaças e pequenos barcos podem atravessar com segurança o raso golfo entre a profunda Orla e a bacia de águas perto dos cais de Hlondeth. A Orrthgalass torna-se frustantemente plácida por estes breves períodos. Estes momentos são chamados de “Sorrisos de Selûne”

Entre os mais mimados, valorizados e bem pagos homens de Hlondeth estão os de Ravallan, uma guilda ou sociedade de remadores poderosos e experientes, contratados para fazer rápidas viagens descendo do Hlondeth para a Orla em rápidos barcos costeiros durante os Sorrisos de Selûne. O Ravallan jurou lealdade a Mrastaress de Hlondeth, Dediana Extaminos, e não transporta cargas para mercadores que não sejam agraciados por ela.

Entre os mais intrépidos atravessadores de Hlondeth estão os Sssrathluth (literalmente, Cabeças Molhadas, de “sssrath” que significa ficar molhado, submergir, banhar-se; e “luth”, ou cabeça, pesar de uma tradução literal de luth ser “o lugar onde os dentes estão”). Este grupo de empreendedores da plebe está com aventureiros de todos os Reinos quando estes vêm às docas de Hlondeth na esperança de recuperar riquezas de navios afundados que deixaram seus destroços no fundo da Baía Agitada.

Com a ajuda de feitiços para respirar na água, fornecidos pelos seus patrões yuan-tis para quem trabalham, bandos de Sssrathluth vão para o fundo da Orthgalass, cheio de destroços e rondado por monstros aquáticos, durante quase todo Sorriso, correndo como loucos, como os capitães do mar costumam reconhecer. Eles urgem em procurar e pilhar os navios quebrados, que em alguns lugares se misturam e se espalham a uma profundidade equivalente a de seis embarcações, recuperando qualquer coisa portátil e de valor. Ataques de predadores aquáticos furtivos e de Sssrathluth rivais fazem o trabalho ainda mais perigoso (apesar de ser considerado vergonhoso para qualquer yuan-ti agir abertamente contra Sssrathluth a serviço de outros do povo-serpente), e poucos Sssrathluth duram mais estações do que se pode contar nos dedos.

Entre os mais famosos naufrágios na Baía Agitada está o de um galeão de Portão Ocidental que partiu-se em dois nas rochas a meio caminho do golfo, durante um a tempestade repentina a quatro verões atrás, e afundou imediatamente. O Garota Risonha, dizem, estava carregando ouro – muito ouro.

Se algumas das histórias em Hlondeth são verdadeiras, uma delas diz que ele estava lotado de baús contendo milhares de peças de ouro cada: 200.000 peças de ouro (ou mais) no total, e pelo menos mais duas pequenas arcas de jóias variadas. Esta riqueza pertencia a uma sociedade de mercadores que pretendia comprar uma grande quantidade de perfumes, drogas e venenos (que possuem muita demanda na Sembia, entre os mercadores de feudos rivais; e em Cormyr, entre nobres, incitados pelos sembianos, que procuram derrubar os governantes Obarskyres) e assim fazer uma fortuna de uma só vez.

Estas palavras se espalharam por todo o canto em Vilhon, e dali de porto em porto a volta do Mar das Estrelas Cadentes, contando sobre este fabuloso tesouro. Ele espera o bravo ainda jazendo sob as águas rasas no estreito golfo, apesar de nenhum Sssrathluth que já tentou encontrá-lo jamais haver retornado – murmuram os marinheiros roucamente, com os olhos acesos de cobiça.

Algumas pessoas dizem que monstros devoradores de carne espreitam entre os naufrágios da Baía Agitada, crescendo gordos, e alguns dizem que existe uma maldição lançada sobre o ouro, que mata todos que o tocam com magia. Porém, lendas assim sempre estiveram ligadas a Orthgalass, no correr do tempo, às vezes contadas exageradamente pelos próprios Sssrathluth... e eles mesmo voltam a salvo de suas aventuras nas profundezas, e conseguem muitas moedas.

Alguns sussurram que todos que pilharam o Garota Risonha apenas estão mantendo seu sucesso em segredo até poderem esvaziar completamente o naufrágio. Mas também, existem rumores que mencionam que o naufrágio pode não ter ouro afinal, mas estar sendo usado -- por alguém ou algo – como uma isca para atrair os mais audazes e bravos aventureiros.

Descubra mais sobre o Garota Risonha no próximo artigo da série.



Sobre o Autor

Ed Greenwood é o homem que lançou os Reinos Esquecidos em um mundo que não os esperava. Ele trabalha em bibliotecas, escreve fantasia, ficção científica, terror, mistério e até estórias de romance (às vezes coloca tudo isto em um mesmo livro), mas está ainda mais feliz escrevendo Conhecimento dos Reinos, Conhecimento dos Reinos e mais Conhecimento dos Reinos. Ainda existem alguns quartos em sua casa com espaço para empilhar seus escritos.

Os Últimos Dias de Glória © Todos os direitos reservados 2004 - Forgotten Realms™ e seus personagens são marcas registradas da Wizards of The Coast Inc.
This page is a fan site and is not produced or endorsed by Wizards of the Coast. Forgotten Realms is a registered trademark of Wizards of the Coast, Inc.