Os Últimos Dias
de Glória
O que é RPG
Página Principal
A Comitiva da Fé
Definição
Histórias
Última História
Personagens
Jogadores
Galeria de Arte
Diversos
Forgotten Realms
 Definição
 Geografia 
 Divindades
 O Mundo
 Organizações
 Personagens
Artigos
 Galeria
Suplementos
Autores
Site
 Matérias
 Downloads
 Notícias
 Parceiros
Links
 Sobre o Site
 Glossário
 Créditos
Mensagens Arcanas
E-mail


powered by FreeFind

Crônicas de Elminster
 
Um Coração Negro Lidera Voonlar
Parte 13
Por Ed Greenwood
Tradução por Airton Alves Medina.


O Sábio do Vale das Sombras tem algo a dizer sobre muitas coisas. Apesar de ter as paginas da revista Dragon, Dungeon Adventures e da Polyhedron Newszine, o Velho Mago ainda tem mais a falar sobre os Reinos. Sem querer enfurecer o arquimago, decidimos que seria melhor dar a ele uma coluna semanal na qual vamos debater os melhores pontos.

Escute bem, jovem...



A maioria dos Voonlarraneanos teme e obedece ao clero de Cyric, e alguns até consideram a adoração do Sol Negro como uma estrada para o poder. Todavia, eles possuem o irritante hábito de se referir ao Lorde das Três Coroas como “Lorde Bane”. Intrigas (as quais viajam rapidamente até ouvidos Cyricistas) incluem lembranças sobre os “bons e velhos dias negros” quando os Banitas da Mão do Lorde Negro, como o templo era então conhecido, “realmente sabiam como ser tiranos adequados . . . não brutos desajeitados, como este lote. Leves ameaças, e não gritos e golpes pesados”.

Tal conversa é tanto precisamente irritante e quase inevitável, dada a arrogância do mestre do Deus Negro Reformado, que é abertamente desdenhoso do povo de Voonlar, a qual ele simplesmente se refere como “a multidão comum” ou para distingui-los da multidão de outros lugares, “a imundice local”. Ao mesmo tempo em que ele se livra de tais formas não lisonjeiras de adereço pelos outros, o Patriarca Negro Gormstadd Rerisen gosta que se dirijam a ele como o “Grande Terror Sagrado”.

Um clérigo humano leal e mal que se ascendeu até ser o líder da Mão do Lorde Negro sobre os corpos de seus traídos superiores, Gormstadd é um homem musculoso com um pequeno, rosto estreito e dois olhos firmes como rocha. Ele tem espessos pelos marrons sobre todo seu corpo, olhos marrons tão escuros que parecem quase negros, grossas sobrancelhas que se unem como uma barra rígida através de seu rosto quando tenso sob irritação.

Não raro em lutas no chão, os cabos para tropeçar e quedas “acidentais” em longas escadarias por rivais, e até os falsos rumores ou cartas falsas incriminando rivais, Gormstadd desfruta de diversas vantagens. Ele aprecia seus vinhos (os ambiciosos são advertidos que ele pode identificar muitos venenos pelo paladar, e adquiriu uma resistência à maioria deles por seletivamente envenenar-se com doses muito pequenas). Ele também gosta das políticas de sua nova fé que se envolvendo nos assuntos pesadamente e entusiasmadamente, com falsidades, e a sensação de poder que ele obtém quando ele caminha entre o povo que o teme tão seriamente para ao menos erguer uma mão contra ele, mesmo quando incitados a ação.

Gormstadd possui uma memória muito boa para sabores, odores, e rostos, porém é terrível para nomes, datas, números, e as cláusulas de acordos específicos—sobre todos os quais ele mantém abundantes anotações, confiando em nenhum escriba ou assistente. Ele também possui um olhar para mulheres musculosas, e sonha em gerar uma família de donzelas guerreiras que vão ter glórias a serviço do Sol Negro, e dar a ele preferência aos olhos de Cyric de tal modo como para ser garantida a imortalidade e poderes especiais como um servo de confiança. Até agora, no entanto, Gormstadd não encontrou uma companheira digna a qual ele vai consentir seus avanços . . . e ele se pergunta se uma cônjuge pouco disposta vai ser aceitável para o Sol Negro.

Entretanto, até seus olhos caírem na mulher certa, Gormstadd preenche seus dias entregue a suas crueldades sobre aqueles incapazes de se defenderem, apreciando vinho e tomando riquezas, disseminando medo e a secreta influência do templo, e espionando governantes próximos e Cyricistas rivais. Ele vai roubar qualquer riqueza e mercadorias valiosas não perecíveis que ele acredita que ele possa levar (carroças inteiras desapareceram de acampamentos dentro do alcance do templo), e tentar qualquer atitude covarde que ele possa culpar alguém.

PdM

Gormstadd, Líder do Conflito de Voonlar
Humano, Clérigo 10 de Cyric
For 14, Des 11, Con 15, Int 14, Sab 18, Car 13
Fort +9, Ref +3, Von +11
CA: 26 (Armadura de Batalha da Camuflagem +3, Escudo Grande de Aço +3)
PV: 64
Ataque corpo a corpo: +11/+6 (espada longa do furto de vidas +2)
Dano: 1d8+2

Habilidades Especiais: +1 nos testes contra ilusão ou fantasma, pode conjurar garra negra 1/dia, pode invocar um servo aéreo que vai lutar por ele, pode criar uma aura negra ou crânio dos segredos 1/dia, pode conjurar assassino fantasmagórico 1/dezena.

Perícias: Concentração +13, Diplomacia +13, Conhecimento (arcano) +13, Conhecimento (religião) +13, Identificar Magias +13.

Talentos: Preparar Poção, Criar Varinha, Criar Item Maravilhoso, Magia Silenciosa, Magia Penetrante.

Magias: 6/5+1/5+1/4+1/4+1/2+1 (magias listadas após o + não podem ser convertidas em magias de cura): 0º — curar ferimentos mínimos, detectar magia, guia, infligir ferimentos mínimos, resistência, 1º — maldição menor, causar medo, comando, curar ferimentos leves, detectar o bem, desespero, +proteção contra o bem, 2º — ajuda, força do touro, imobilizar pessoa (x2), arma espiritual, +profanar; 3º — dissipar magia, oração, proteção contra luz cegante, falar com mortos, +círculo mágico contra o bem; 4º — curar ferimentos críticos, poder divino, movimentação livre, imunidade à magia, +nuvem profana; 5º — coluna de chamas, praga de insetos, +dissipar o bem.



Sobre o Autor

Ed Greenwood é o homem que lançou os Reinos Esquecidos em um mundo que não os esperava. Ele trabalha em bibliotecas, escreve fantasia, ficção científica, terror, mistério e até estórias de romance (às vezes coloca tudo isto em um mesmo livro), mas está ainda mais feliz escrevendo Conhecimento dos Reinos, Conhecimento dos Reinos e mais Conhecimento dos Reinos. Ainda existem alguns quartos em sua casa com espaço para empilhar seus escritos.

Os Últimos Dias de Glória © Todos os direitos reservados 2004 - Forgotten Realms™ e seus personagens são marcas registradas da Wizards of The Coast Inc.
This page is a fan site and is not produced or endorsed by Wizards of the Coast. Forgotten Realms is a registered trademark of Wizards of the Coast, Inc.