Os Últimos Dias
de Glória
O que é RPG
Página Principal
A Comitiva da Fé
Definição
Histórias
Última História
Personagens
Jogadores
Galeria de Arte
Diversos
Forgotten Realms
 Definição
 Geografia 
 Divindades
 O Mundo
 Organizações
 Personagens
Artigos
 Galeria
Suplementos
Autores
Site
 Matérias
 Downloads
 Notícias
 Parceiros
Links
 Sobre o Site
 Glossário
 Créditos
Mensagens Arcanas
E-mail


powered by FreeFind

Regras de Jogo
 
Criando Itens Mágicos, Parte Cinco

por Skip Williams

Traduzido por Patrick Pires; revisado por Daniel Bartolomei Vieira.


Até aqui, muitos dos itens mágicos que examináramos tinham custos que podiam ser calculados aplicando-lhes fórmulas baseados em magias de efeitos que duplicavam ou no valor de seus bônus de melhoria. Muito dos itens que consideraremos nesta artigo não duplicam efeitos de magia e não possuem bônus de melhoria, e têm custos derivados muito mais do bom julgamento dos criadores de jogos do que do uso de qualquer fórmula. Assim como armas, armaduras e escudos, porém, você não pode enganar-se completamente ao criar estes itens por si mesmo se você se ativer aos exemplos encontrados nos livros de regras.

Criando Anéis

Um anel pode duplicar uma magia ou pode conter poderes únicos. De qualquer modo, o processo que o personagem terá de seguir para criar anéis é o mesmo. Como alguém poderia supor, um anel que duplica uma magia tem um custo determinado de forma muito semelhante ao custo dos pergaminhos ou cajados. Os outros anéis, entretanto, possuem preços arbitrários (mais acerca disso na Parte Sete desta série de artigos).

Felizmente, os anéis incluídos no Livro do Mestre e outros livros de regras possuem descrições completas, assim você não precisa se aborrecer com diversas maquinações para ter uma idéia de quão caro o anel poderia custar.

Pré-requisitos: Ao criar um anel mágico, você precisa do talento de criação itens Forjar Anéis (o próprio talento exige o 12º nível de conjurador como pré-requisito.) O criador também deve ter um nível de conjurador no mínimo equivalente ao do anel e deve conhecer as outras exigências anotadas na descrição do anel. Qualquer um que crie um anel completamente novo deve incluir uma lista de pré-requisitos junto com a descrição do novo anel.

Nível de Conjurador: O nível de poder de um anel é fixo – o criador não pode ajustá-lo da forma que faria com um pergaminho, poção, varinha ou cajado.

Equipamentos e Materiais: Para criar um anel mágico, você precisa de um conjunto de ferramentas adequadas para trabalhar o material com o qual o anel é feito, o qual normalmente inclui ferramentas de ferreiro. Você também precisa de uma fonte de fogo e uma coleção de parafernalhas semelhantes aos materiais usados na criação de varinhas. As regras não especificam que tipo de fonte de fogo, mas um pequeno braseiro, uma fogueira, uma lareira ou forno deve ser suficiente. O custo para o fogo está presumido no custo dos materiais, assim como o custo dos diversos outros materiais que você necessitar.

Custo: Na maioria das vezes, o preço base de um anel é idêntico ao seu preço de mercado. Você precisa tomar cuidado com anéis que duplicam magias com custos extras de componentes materiais ou com exigência em XP (veja as notas sobre o custo de criação).

Custo de Criação: O custo monetário para criar um anel mágico é a metade de seu preço base.

O custo de experiência para criar um anel é de 1/25 o preço base.

Quando um anel duplica uma magia custosa, sua descrição inclui uma amostra de custo, que exibe o custo monetário para criar o anel, mais o custo de experiência. O custo monetário é baseado em quê o anel é capaz de fazer, e que se calcula com a ajuda da tabela 7-33 do Livro do Mestre. O valor de experiência para a criação é de 1/25 o custo monetário, mais o custo extra de XP da magia. Esse custo extra é baseado no número de vezes que o anel pode produzir um efeito (se o anel possuir cargas) ou 50 vezes o custo extra se o anel não contiver cargas.

Algumas vezes, um anel funciona apenas certo número de vezes por dia. Sendo assim o custo para criá-lo é reduzido (mais sobre isso na Parte Sete desta série de artigos).

Preço de Mercado: O preço de mercado para um anel é seu preço base, mais o custo por quaisquer componentes materiais custosos exigidos pela magia que ele duplica, mais 5 vezes qualquer o custo extra de experiência exigido para criar o anel pelas magias que ele exija.

Exemplos de Custos de Anéis: Como dito anteriormente, os preços dos anéis podem variar bastante, dependendo do quê o anel faz. Você pode pôr os preços dos anéis diretamente em suas descrições; contudo, aprender a usar a Tabela 7-33 é bem importante quando você começa a desenvolver novos itens, então vejamos este roteiro para termos alguns exemplos:

Anel de Proteção +3: O anel dá um bônus de deflexão à Classe de Armadura (CA), que, de acordo com a Tabela 7-33, tem um preço base equivalente ao valor do bônus elevado ao quadrado x 2.000 PO. Para um bônus de +3 isso dá 18.000 PO (3 x 3 x 2.000 PO). O custo monetário para criar o anel é metade disso (9.000 PO) e o custo de experiência é de 1/25 o custo base (720 XP).

Anel de Natação: O anel dá um bônus de +5 de competência em testes de Natação, que, de acordo com a Tabela 7-33, tem um preço base equivalente ao valor do bônus elevado ao quadrado x 100 PO. Para um bônus de +5 isso dá 2.500 PO (5 x 5 x 100 PO). O custo monetário para criar o anel é metade disso (1.250 PO) e o custo de experiência é de 1/25 o custo base (100 XP).

Anel de Queda Suave: O anel recria o efeito de um efeito de queda suave sempre que for necessário. O exemplo mais próximo desse caso na Tabela 7-33 é o de um efeito mágico com ativação por uso, que tem um preço base equivalente ao nível de magia x nível de conjurador x 2.000 PO. Queda suave é uma magia de 1º nível e o anel é do primeiro nível de conjurador; de acordo com a fórmula, o anel deverá ter um custo base de 1 x 1 x 2.000 PO. De acordo com a descrição do anel, entretanto, o preço é 2.200 PO. Evidentemente quem desenvolveu o anel pensou que a posse de um efeito de queda suave instantânea disponível sempre que você pedir representa um valor especial acima do que a fórmula indica. O custo para criar este anel é de metade do preço base (1.100 PO). O custo de experiência é de 1/25 o preço base (88 XP).

Anel dos Três Desejos: O anel armazena três magias desejo, que estão disponíveis a comando do usuário. Uma vez que todos os três desejos tiverem sido usados, o anel se torna mundano. Há duas descrições na Tabela 7-33 que representam algo parecido com tal item; o primeiro é a descrição do pergaminho (uso único, complemento de magia) que tem um custo do nível da magia x nível do conjurador x 25 PO, e o segundo é a descrição da poção (uso único, complemento de magia) que tem um custo de nível da magia x nível do conjurador x 50 PO. Nenhum desses representa de fato o que o anel faz, mas é provável que o valor do anel fique entre esses extremos. Uma olhada nas demais descrições da tabela mostra que um item ativado por comando custa apenas cerca 90% do que o mesmo item custaria se fosse ativação por uso. Isto é, o efeito de uma magia ativada por comando terá um preço igual ao nível da magia x nível de conjurador x 1.800 PO, que é exatamente 90% do custo do item ativado por uso – nível da magia x nível do conjurador x 2.000 PO. Se nós tirarmos 90% do valor da poção, nós teremos nível da magia x nível de conjurador x 45 PO (50 x 0.9 = 45). Se nós assumirmos que o anel valha cerca de 85% o valor de um item de ativação por uso, nós teremos esta fórmula: nível de magia x nível de conjurador x 42,5 PO (50 x 0.85 = 42,5). Usando essa fórmula, nós teremos um preço base de 22.950 PO para o anel (9 x 20 x 42,5 PO x 3 = 22.950 PO). O custo monetário para criar o item seria metade de seu preço, 11.475 PO, que é exatamente o que é mostrado na descrição do item. O custo de XP é 1/25 do custo base (918 XP) mais o custo de XP componente dos três desejos, ou seja, 15.918 XP (918 + 15.000 XP). O preço de mercado do anel é metade do custo base de 22.950 PO mais cinco vezes o custo extra de XP (75.000), ou seja 97.950 PO.

Anel Miscelânea: Bem como uma varinha ou cajado, um anel carregado que tenha menos do que o número total de cargas vale menos do que um item totalmente recarregado. Um anel de um desejo, por exemplo terá o terço do valor de um anel dos três desejos, ou seja, 32.650 PO. Diferentemente das varinhas e cajados, não há regra que dia que você deva criar um anel carregado com todas as cargas. Um anel de um desejo tem um preço base de 7.650 (9 x 20 x 42,5 PO) e um custo de criação de 3.825 PO mais 5.306 de XP.

Criando Bastões

A definição característica de um bastão é que ele possui múltiplos poderes que não duplicam nenhuma magia conhecida.

Pré-requisitos: Para criar um bastão mágico, você precisa do talento de criação Criar Bastão (o próprio talento já exige o 9º nível de conjurador como pré-requisito.) O criador também deve ter um nível de conjurador no mínimo equivalente ao do item e deve conhecer as outras exigências anotadas na descrição do bastão. Qualquer um que crie um bastão completamente novo deve incluir uma lista de pré-requisitos junto com a descrição do novo bastão.

Nível de Conjurador: O nível do bastão é fixo – o criador não pode ajustá-lo da forma que faria com um pergaminho, poção, varinha ou cajado.

Equipamento e Materiais: De acordo com a Tabela 7-32 no Livro do Mestre, um bastão que possa funcionar como uma arma requer uma arma obra-prima de tipo apropriado (tal como um mangual atroz para um bastão mangual) Se um bastão puder funcionar como várias armas diferentes, apenas uma arma obra-prima será exigida (a maior ou mais cara arma fará maior sentido). O preço de exemplos de bastões está se encontram nas páginas 233 a 237 do Livro do Mestre, no entanto, não incluem o custo extra pelo armamento obra-prima, assim é melhor assumir que o custo da arma está presumido no custo para criar o bastão.

Bastões que não funcionem como armas não exigem uma arma obra-prima. Caso contrário, a criação de quaisquer bastões exige a mesma parafernália ou equipamentos e materiais exigidos para a feitura de uma arma ou armadura mágica.

Custo: Os preços de um bastão são difíceis de serem formalizados, então quando for criado um bastão a partir do livro de regras, é melhor recorrer à descrição do bastão (veja a Parte Sete desta série de artigos para notas sobre escolher preços para novos itens). Na maioria das vezes, o custo base de um bastão é idêntico ao seu preço de mercado.

Custo de Criação: O custo monetário para criar um bastão mágico é de metade de seu preço base.

O custo de experiência para criar um bastão é de 1/25 o preço base.

Preço de Mercado: Como antes dito, o preço de mercado para um bastão é idêntico ao seu preço de mercado.

Exemplos de Bastões: Aqui estão alguns cálculos para a criação de um bastão de detecção de inimigos do Livro do Mestre.

O preço de mercado listado para esse bastão é 23.500 PO, que é o mesmo que seu preço base. O custo monetário para criá-lo é de metade de seu preço base (11.750 PO). O custo de experiência é de 1/25 de seu custo base (940 XP).

Criando Itens Maravilhosos

Um item maravilhoso pode ter qualquer tipo de poder mágico, mas, em geral, a criação de um item maravilhoso é bem semelhante à criação de um anel mágico ou bastão.

Pré-requisitos: Para criar um item maravilhoso, você precisa do talento de criação Criar Item Maravilhoso (o próprio talento já exige o 3º nível de conjurador como pré-requisito.) O criador também deve ter um nível de conjurador no mínimo equivalente ao do item e deve conhecer as outras exigências anotadas na descrição do item maravilhoso. Qualquer um que crie um item maravilhoso completamente novo deve incluir uma lista de pré-requisitos junto com a descrição do novo item.

Nível de Conjurador: O nível do item maravilhoso é fixo – o criador não pode ajustá-lo da forma que faria com um pergaminho, poção, varinha ou cajado.

Equipamentos e Materiais: Um item maravilhoso exige o mesmo conjunto de equipamentos e suplementos que um anel ou bastão exige. O custo para esses itens é presumido no custo de criação do item maravilhoso.

Custo: Assim como um bastão, é melhor recorrer à descrição do item maravilhoso (veja a Parte Sete desta série de artigos para notas sobre escolher preços para novos itens). Na maioria das vezes, o custo base de um bastão é idêntico ao seu preço de mercado.

Custo de Criação: O custo monetário para criar um item maravilhoso é metade de seu preço base.

O custo de experiência para criar um item maravilhoso é de 1/25 seu preço base.

Preço de Mercado: Como dito antes, o preço de mercado para um item maravilhoso é idêntico ao seu preço base.

Que Vem a Seguir?

Este artigo tratou o bastante sobre anéis, bastões e itens maravilhosos. No próximo artigo nós consideraremos os detalhes de como criar itens não apresentados nos livros.



Sobre o autor

Skip Williams se mantém ocupado com projetos individuais de várias companhias de jogos diferentes e foi trunfo da Dragon Magazine por 18 anos. Skip é um dos co-projetistas do jogo D&D 3° Edição e arquiteto chefe do Livro dos Monstros. Quando não está bolando mortes terríveis para os personagens de seus jogadores, Skip se queda em sua cozinha ou em seu jardim (coelhos e cervos não estão entre seus amigos) ou trabalha e aprimora a fazenda centenária que partilha com sua esposa, Penny, e uma crescente família de animais de estimação.

Os Últimos Dias de Glória © Todos os direitos reservados 2004 - Forgotten Realms™ e seus personagens são marcas registradas da Wizards of The Coast Inc.
This page is a fan site and is not produced or endorsed by Wizards of the Coast. Forgotten Realms is a registered trademark of Wizards of the Coast, Inc.