Os Últimos Dias
de Glória
O que é RPG
Página Principal
A Comitiva da Fé
Definição
Histórias
Última História
Personagens
Jogadores
Galeria de Arte
Diversos
Forgotten Realms
 Definição
 Geografia 
 Divindades
 O Mundo
 Organizações
 Personagens
Artigos
 Galeria
Suplementos
Autores
Site
 Matérias
 Downloads
 Notícias
 Parceiros
Links
 Sobre o Site
 Glossário
 Créditos
Mensagens Arcanas
E-mail


powered by FreeFind

Ganchos Para Aventuras nos Reinos Esquecidos
 
O Vale Amaldiçoado

Por Robert Wiese.
Traduzido por Daniel Bartolomei Vieira.


Existem várias histórias a respeito do Vale Mysar, antes conhecido em Asbravn como o Vale Amaldiçoado. O Vale Mysar, nomeado em homenagem a primeira pessoa que o encontrou, é um vale escondido a muitos quilômetros de distância das Colinas Distantes. O vale é fértil e de temperaturas amenas, e sustenta um gramado exuberante, árvores e uma variedade de animais (e até mesmo algumas coisas classificadas como monstros). É um vale ideal para a terra ser trabalhada, com muitos fazendeiros tendo se deslocado para lá quando este foi descoberto durante a época de Netheril. Ainda que nenhum colono tenha sobrevivido para contar a história. Logo que chegaram, uma grande tempestade formou-se sobre o vale e matou quase todos. Os poucos que escaparam a pé, descreveram criaturas feitas de relâmpago que caiam do céu e de cavaleiros fantasmas montados em dinossauros fantasmagóricos que atropelavam qualquer coisa que se movesse durante a terrível tempestade.

Ainda há grande interesse em se instalar assentamentos no vale, e ao longo dos séculos, fazendeiros tentaram reclamá-lo. Entretanto, algo sempre os expulsa ou simplesmente os mata. Alguns enlouquecem ao ouvirem vozes sussurrantes, outros chegam a Asbravn falando sobre criaturas feitas de relâmpago e de fantasmas, e outros nem retornar, retornam. Ninguém nunca encontrou sequer um corpo no vale, então o destino de qualquer pretenso colonizador torna-se tão misterioso quanto o porquê do Vale Mysar se recusar ser colonizado.

Brista Mylane, uma moradora de Berdusk, procura por corajosos heróis, pois seu tolo irmão, Bevlis Mylane, decidiu tentar chegar ao Vale Mysar a despeito de sua família ter se colocado contra. Ele pensa que pode quebrar a maldição, mas não retornou desde então. Dada a reputação do Vale Amaldiçoado, Brista está preocupada e quer que alguém vá até lá e encontre seu irmão. Ela não tem muito a oferecer, mas sugere que os monstros do vale poderiam ser bastante “valiosos” se alguns forem capturados ou coletados e vendidos em Asbravn.

d100 Motivações
01-50
Brista é honesta sobre seus desejos de encontrar o irmão… mas seus primos não querem que o irmão seja encontrado, pois ganhariam sua parte na herança. Eles trabalham para impedir que os heróis encontrem Bevlis e que o tragam são e salvo.
51-85
Existem rumores de ouro e tesouros perdidos no Vale Mysar, que é no que Brista está realmente interessada. Era nisso também que seu irmão estava interessado, mas ele nunca chegou a ir até o vale – ele foi morto por uma patrulha Zhent.
86-00
Brista insiste em acompanhar os aventureiros. Ela enfeitiçou seu irmão para que fosse até o Vale plantar alguns ingredientes para uma poção que ela está fazendo; os ingredientes devem ser colhidos em um local amaldiçoado. Ela não planeja que os aventureiros deixem o Vale com vida.

d100 Complicações
01-45
O Vale Mysar está sendo alvo de uma antiga maldição de dias anteriores a Netheril. O Vale havia sido descoberto muito antes disso, mas os primeiros colonos disputavam e brigavam constantemente. Finalmente, a violência explodiu e muitos deles foram mortos. Um destes, um sacerdote aposentado, lançou uma maldição que vigora até os dias de hoje, potencializada pela magia de algum antigo deus. Até que a maldição seja quebrada, ninguém poderá habitar o vale.
46-55
A maldição do vale invoca os mortos que foram enterrados no local em tempos muito mais antigos. Estes mortos erguem-se como fantasmas e espectros que expulsam quaisquer criaturas vivas que estejam no Vale, ou as enlouquece. Estas aparições cavalgam dinossauros igualmente fantasmagóricos.
56-70
A maldição no vale não é nada mais do que um clima horrível que assola a região diariamente. Pessoas que viram elementais elétricos imaginaram-nos sob o perigo do real clima do lugar. Os fantasmas eram meramente fragmentos de sua imaginação. Entretanto, há um lich que vive em uma tumba no lado mais distante do vale, e que se usa do clima e de sua própria magia para manter as pessoas afastadas do vale.
71-00
O Vale é lar para uma tribo perdida de sáurios reclusos (ou outra rara raça humanóide, tais como o povo felino) que cavalgam dinossauros e que permaneceram sem serem detectados até os dias de hoje. Eles criaram a idéia da maldição para serem deixados em paz.

Recompensas Alternativas

Ouro não é a única razão para se aventurar. Aqui estão algumas idéias alternativas para recompensas:

  • Se os heróis descobrirem a essência da maldição e estiverem aptos a se livrar dela, poderiam reclamar (ou serem recompensados) com uma grande porção de terras férteis neste vale para usar como fortaleza ou outro tipo de base.

  • Dinossauros fantasmagóricos não põem ovos, mas os reais sim. Se houver dinossauros de verdade no vale, os aventureiros poderiam coletar ovos e criar suas próprias montarias sáurias.

  • O ar, grama ou terra de um vale amaldiçoado poderiam muito bem ser componentes mágicos para alguma nova magia que os aventureiros estejam pesquisando, ou para uma magia rara que encontraram em outra aventura.



Sobre o Autor

Robert Wiese é um veterano dos escritórios da RPGA onde trabalhou durante sete anos sendo um membro desde os idos de 1991. Nesse tempo ele escreveu mais de 60 enredos de aventura para o clube, alguns artigos para a revista Polyhedron, e o Living Force Campaign Guide (esse último com Morrie Mullins). Ele também desenvolveu campanhas de Living Greyhawk e Living Force junto com maravilhosos membros. Agora ele trabalha na Universidade de Nevada em Reno no departamento de Bioquímica, provando que você nunca deve dizer aonde irá terminar.

Os Últimos Dias de Glória © Todos os direitos reservados 2004 - Forgotten Realms™ e seus personagens são marcas registradas da Wizards of The Coast Inc.
This page is a fan site and is not produced or endorsed by Wizards of the Coast. Forgotten Realms is a registered trademark of Wizards of the Coast, Inc.