Os Últimos Dias
de Glória
O que é RPG
Página Principal
A Comitiva da Fé
Definição
Histórias
Última História
Personagens
Jogadores
Galeria de Arte
Diversos
Forgotten Realms
 Definição
 Geografia 
 Divindades
 O Mundo
 Organizações
 Personagens
Artigos
 Galeria
Suplementos
Autores
Site
 Matérias
 Downloads
 Notícias
 Parceiros
Links
 Sobre o Site
 Glossário
 Créditos
Mensagens Arcanas
E-mail


powered by FreeFind

Notícias de Águas Profundas
 
A Confissão do Assassinato de Flavauro
Por Ed Greenwood
Tradução por Daniel Bartolomei Vieira.


A Confissão do Assassinato de Flavauro

Águas Profundas – Um dono de mercearia da Rua do Farol admitiu ter esfaqueado o popular aventureiro, ator, dançarino e performista Mistram Flavauro no mês passado. O elegante e encantador Flavauro era notório por sua popularidade com as damas de todos os distritos de Águas Profundas e de todos os modos de vida, e muitos suspeitavam que seu assassinato fora trabalho de um marido, pai ou irmão enfurecido de uma suas, freqüentes, três conquistas diárias. Se a confissão de Armest Harrigo for verdadeira, essas suspeitas estavam corretas.

Harrigo, da Mesas Fartas de Harrigo (face leste da Rua do Farol, três portas ao sul de seu encontro com a Rua Shoor), é um homem baixo, robusto e agitado, de modos suaves e lentos. Mesmo os oficiais da Vigília dizem que ele parece um espécime fisicamente improvável de ter pegado e dado conta do acrobata e conhecedor de armas Flavauro, em combate. Harrigo diz que um de seus clientes disse a ele que Flavauro estava recebendo ambas as irmãs de Harrigo (as duas irmãs solteiras de Harrigo moram juntas sobre a mercearia) em sua luxuosa residência na Rua do Marfim, Distrito do Mar. Harrigo se dirigiu às pressas e furiosamente até lá, descobriu que era verdadeira a informação e atacou Flavauro.

Ele diz que suas irmãs furiosamente mandaram ele ir embora, e o completamente nu Flavauro riu de suas facas de açougueiro, rindo tão selvagemente que Harrigo facilmente decepou os dedos do homem com uma faca, e com a outra ele afundou até o cabo na barriga de Flavauro. Ele diz que Flavauro recuou, gritando, e caiu através de uma janela para cair impalado em uma das lanças de pedra das estátuas de heróis em seu próprio jardim, logo abaixo. Harrigo saqueou a adega do falecido para acalmar a histeria de suas irmãs, e levou-as para casa, vagando e rindo, nas altas horas da noite – muito para a diversão de não menos do que seis patrulhas da Vigília pelo caminho.

Harrigo diz que defenderia seus próximos da mesma forma, se necessário, e ele confessou o assassinato somente recentemente porque ultimamente vinha tendo visões enviadas a ele por Chauntea. Oficiais da Vigília anotaram suas palavras, mas nada foi dito se Harrigo vai enfrentar um júri. Mais de quarenta pessoas confessaram o assassinato de Falavauro, mas um oficial da Vigília, anonimamente, diz que os detalhes da confissão de Harrigo combinam com “certas evidências” investigadas do ato. Um guarda da Vigília permanece em serviço na casa de Flavauro, que já foi saqueada várias vezes.



Sobre o Autor

Ed Greenwood é o homem que lançou os Reinos Esquecidos em um mundo que não os esperava. Ele trabalha em bibliotecas, escreve fantasia, ficção científica, terror, mistério e até estórias de romance (às vezes coloca tudo isto em um mesmo livro), mas está ainda mais feliz escrevendo Conhecimento dos Reinos, Conhecimento dos Reinos e mais Conhecimento dos Reinos. Ainda existem alguns quartos em sua casa com espaço para empilhar seus escritos.

Os Últimos Dias de Glória © Todos os direitos reservados 2004 - Forgotten Realms™ e seus personagens são marcas registradas da Wizards of The Coast Inc.
This page is a fan site and is not produced or endorsed by Wizards of the Coast. Forgotten Realms is a registered trademark of Wizards of the Coast, Inc.