Os Últimos Dias
de Glória
O que é RPG
Página Principal
A Comitiva da Fé
Definição
Histórias
Última História
Personagens
Jogadores
Galeria de Arte
Diversos
Forgotten Realms
 Definição
 Geografia 
 Divindades
 O Mundo
 Organizações
 Personagens
Artigos
 Galeria
Suplementos
Autores
Site
 Matérias
 Downloads
 Notícias
 Parceiros
Links
 Sobre o Site
 Glossário
 Créditos
Mensagens Arcanas
E-mail


powered by FreeFind

Notícias de Águas Profundas
 
Nobres Exigem Suspensão na Venda de Quadros
Por Ed Greenwood
Tradução por Daniel Bartolomei Vieira.


Nobres Exigem Suspensão na Venda de Quadros

Águas Profundas – Agentes e membros da nobre família dos Phull invadiram uma venda pública de quadros esta manhã e, furiosamente, exigiram que as vendas fossem interrompidas. Eles tentaram tomar posse de determinados itens e foram acusados de tentativa de roubo. Espadas foram sacadas e um breve tumulto se seguiu, mas ninguém sofreu nenhum ferimento grave (testemunhas dizem que os vendedores se defenderam usando os disputados itens como escudo, o que fez com que os Phulls baixassem suas espadas). Logo em seguida a Vigília foi invocada.

O oficial da Vigília, Estrar Thongolyr, disse que nenhuma acusação foi feita e que nenhuma pessoa foi detida, mas a Vigília tomou posse dos disputados itens, que agora esperam por uma decisão dos magistrados. Como na maioria dos assuntos envolvendo a nobreza, os procedimentos quase que certamente serão remetidos aos Lordes da cidade.

A venda dos quadros, conduzida pelos comerciantes da recém estabelecida Companhia Costeira dos Falcões Voadores, era feita na Fronte Carrancuda*, que se localiza na frente oeste da Estrada Alta, diante a Rua da Ribeira.

A família Phull clama que os itens disputados, que eram painéis pintados descrevendo retratos de homens e mulheres de aparência distinta e ricamente trajados, foram roubados de sua mansão na cidade, localizada no Distrito Norte, no final do ano passado, e que esses quadros retratam parentes mortos e muito amados. Um provável comprador dos quadros disse que se isso for verdade, os artistas dos quadros “adularam os Phulls incrivelmente” (o que não é uma prática incomum quando os retratos dos ricos e poderosos são desenhados) ou “talvez a família tenha decaído em aparência física desde o tempo das pessoas retratadas”.

*Este salão é chamado assim devido à aparência da parede que dá para a rua, que é de pedra esculpida de forma a se parecer com um rosto humano franzido, com as janelas representando os olhos e a porta de entrada no lugar da boca.



Sobre o Autor

Ed Greenwood é o homem que lançou os Reinos Esquecidos em um mundo que não os esperava. Ele trabalha em bibliotecas, escreve fantasia, ficção científica, terror, mistério e até estórias de romance (às vezes coloca tudo isto em um mesmo livro), mas está ainda mais feliz escrevendo Conhecimento dos Reinos, Conhecimento dos Reinos e mais Conhecimento dos Reinos. Ainda existem alguns quartos em sua casa com espaço para empilhar seus escritos.

Os Últimos Dias de Glória © Todos os direitos reservados 2004 - Forgotten Realms™ e seus personagens são marcas registradas da Wizards of The Coast Inc.
This page is a fan site and is not produced or endorsed by Wizards of the Coast. Forgotten Realms is a registered trademark of Wizards of the Coast, Inc.