Os Últimos Dias
de Glória
O que é RPG
Página Principal
A Comitiva da Fé
Definição
Histórias
Última História
Personagens
Jogadores
Galeria de Arte
Diversos
Forgotten Realms
 Definição
 Geografia 
 Divindades
 O Mundo
 Organizações
 Personagens
Artigos
 Galeria
Suplementos
Autores
Site
 Matérias
 Downloads
 Notícias
 Parceiros
Links
 Sobre o Site
 Glossário
 Créditos
Mensagens Arcanas
E-mail


powered by FreeFind

Notas de Romance
 
A Casa Baenre
Por Sean K. Reynolds
Tradução por Ivan Lira.



Casa Baenre, primeira de Menzoberranzan, controlou a cidade por milhares de anos. Enquanto recentes eventos danificaram seu poder e reputação, eles permaneceram como primeira casa nobre da cidade. Mas existem perigos em um futuro próxima para a cidade, e perigo para Menzoberranzan significa perigo para Baenre, porque eles tem muito a perder em um guerra civil. Veja aqui a história, os recursos, contatos, e líderes da casa Baenre.

Talvez o mais famoso elfo negro de Faerûn seja Drizzt Do'urden. Nascido na cidade drow de Menzoberranzan no Subterrâneo abaixo das terras do Norte, Drizzt leva consigo muitas cicatrizes de sua vida. Os elfos negros são uma raça cruel e terrível, e os de Menzoberranzan não são uma exceção. Dentro de cada cidade controlada pelas sacerdotisas de Lolth, uma guerra constante e sutil se inflama entre as casas nobres que competem pelo poder a favor da Rainha Aranha. A maior casa de Menzoberranzan é a Baenre, e entretanto sofreu retrocessos há poucas décadas, ainda é forte e confiante em sua grandeza -- fazendo com que os eventos da série de romance Guerra da Rainha Aranha seja traumático para eles.

Ascensão ao Poder

A Casa Baenre foi uma das que fundaram Menzoberranzan mais de cinco mil anos atrás. Ganhando uma posição única de poder depois de um feudo entre duas outras casas fragmentadas pela casa Baenre. Ela manteve o controle sobre a cidade por milhares de anos. Como todas as organizações seguidoras de Lolth, a casa Baenre é completamente matriarcal, com mulheres superiores aos homens, sacerdotisas que têm poder absoluto sobre os homens (até mesmo homens nobres que tomam "emprestado" títulos de nobreza de suas irmãs, mães e amantes). Uma sacerdotisa forte que herda sua posição de mãe rege a casa inteira. Esta mulher, a matrona mãe, tem poder absoluto sobre sua casa -- até mesmo sobre as outras sacerdotisas. (Porém, é provável que o uso descuidado deste poder cause uma rebelião entre as sacerdotisas normalmente resultando no assassinato da matrona mais velha).

A Casa Baenre era governada a mais de mil anos por uma só mulher conhecida por Matrona Baenre, e ninguém que a tenha conhecido antes dela se tornar matrona permaneceu vivo. Enquanto os drows geralmente parecem jovens até o dia da morte, a Matrona Baenre era velha em aparência e idade. Estava murcha como uma velha humana, com rugas profundas em sua face, e o cabelo fino e pegajoso. Apesar de sua aparência, ela ainda tinha poder. Muitos drows consideram que sua longevidade pode ser não-natural e que sua aparência evidencia isso, mas ninguém ousou dizer com medo de ser alvo da ira dela.

Além de muitos descendentes da antiga Matrona Baenre, a casa freqüentemente adota mulheres drows promissoras, de graus de cidadania ou membros jovens sobreviventes da destruição por uma casa rival. Essas mulheres são aceitas como membros da casa e sua origem de nascimento é esquecida, desde que o poder seja mais importante do que laços de sangue entre os drows de Menzoberranzan. A casa também adquire os soldados de casas derrotadas (Os soldados são cidadãos e sabem que uma mestre sacerdotisa é tão boa quanto outra). Em ambos os casos, a casa tem o cuidado de dividir estes "espólios" com outras casas nobres que tenha necessidade deles, caso contrário as casas menores poderiam se unir e atacar a Baenre devido a sua ganância.

A Casa possui uma longa e existente aliança com Bregan D'Aerthe, uma grande organização mercenária de Menzoberranzan que é liderada por um incomum drow chamado Jarlaxle. A Casa Baenre usou os mercenários para investigar outras casas, guarda de itens especiais, ou qualquer tipo de trabalho que requeira sutileza e não deva ser rastreada até a casa. O grupo tem uma relação quase exclusiva com a casa Baenre, embora recentes desenvolvimentos no mundo da superfície (o domínio do grupo sobre uma guilda criminosa da cidade de Calimporto através do famosos assassino Artemis Entreri) e o enfraquecimento da casa Baenre pode focalizar a atenção deles fora de Menzoberranzan ou diversificar seus interesses dentro da cidade.

A casa Baenre compõe o final da parte leste de um platô na grande caverna que se localiza Menzoberranzan. A fortaleza possui trinta estalactites unidas e vinte estalagmites de enormes variedades que dominam a caverna. A ligação de teia feita de uma cerca de ferro criada magicalmente que a compõe pode ter sido criada pela própria Lolth, e qualquer um que se aderir fica preso de tal modo que nem um gigante possui força para se libertar; apenas um tipo de magia oculta possuída pela casa ou a vontade da mãe matrona permite que alguém se livre da cerca. No centro da estrutura de Baenre foi erguido um templo cupulado de Lolth, famoso na cidade por uma ilusão permanente de Lolth (criada por Gromph Baenre, cabeça da academia de magos de Menzoberranzan) que constantemente se altera de sua forma drow para a forma aracnídea. Esta cúpula foi destruída quando Drizzt, sua amiga Cattie-Brie, e seu mortal inimigo Artemis Entreri, escaparam cativos da cidade; a destruição do domo danificou a ilusão, onde agora permanece uma combinação estranha das duas formas da Rainha Aranha.

Na plenitude de seu poder, a casa teve milhares de guardas drows -- o bastante para manter mil deles pratrulhando os muros a toda hora. Além dos soldados drows e as mais de cinquenta sacerdotisas, mais de quinhentos escravos lutadores de raças inferiores (principalmente goblins, orcs, gnolls, e bugbears, mais ogros e minotauros) vivem em um complexo e se defendem contra intrusos. A Casa Baenre tem menos escravos que as outras casas, principalmente porque a Matrona Baenre não gosta das raças inferiores e acha repugnante o cheiro delas, mas estes pequenos números significam que cada um pode ser equipado com melhor qualidade; até mesmo os minotauros usam armaduras drow, e os bugbears carregam armas encantadas. O complexo é considerado inexpugnável pelos drows da cidade, e ninguém vivo se lembra da última vez que foi atacado, se nunca foi.

Escolhas e Conseqüências

Com a posição de matrona da primeira casa segura, a Matrona Baenre focaliza sua atenção em adquirir mais poder e servir a vontade de Lolth. Infelizmente, estas duas metas não são totalmente compatíveis. A Casa Baenre atacou a casa Do'Urden quando esta última não capturou Drizzt para usá-lo em um sacrifício para Lolth. Na pretensão de capturar e sacrificar o "renegado" Drizzt, Baenre acumulou um exército de forças combinadas das casas de Menzoberranzan e atacou os Salões de Mitral, lar de Bruenor Martelo de Batalha (o amigo de longa data do famoso ranger). Sempre teimosa, a Matrona Baenre deixou seu poder cegá-la e se voltou contra uma matrona rival durante o cerco aos Salões de Mitral. Este ataque não provocado não era da vontade de Lolth, e isto causou sua queda. Quando foi morta por Bruenor ao término do cerco, a aliança das casas estava quebrada, então eles retiraram suas forças e voltaram a Menzoberranzan.

Apesar da perda de sua antiga matrona, a casa Baenre ainda possui muitos drows poderosos dentro de suas muralhas. Triel, a nova matrona, é a filha primogênita da Matrona Baenre e líder anterior de Arach-Tinilith, a academia que treina mulheres drows na reiligão da Rainha Aranha. Embora tenha um temperamento ruim como sua mãe, ela está atenta aos defeitos dela e trabalha duro para controlar o caos que a guerra tola e a morte inesperada de sua mãe causou. Gromph Baenre é o filho primogênito da velha matrona e ainda é líder de Sorcere. Ele manipula muito poder na cidade devido a sua posição apesar de limitada por ser um homem em um sociedade matriarcal, e até mesmo outros magos o temem pela quantidade de magia e itens mágicos poderosos. Quenthel, a irmã mais jovem de Triel, foi morta por Drizzt mas aparentemente voltou da morte e assumiu a posição da irmã como líder da Arach-Tinilith. Quenthel é odiada por Triel e Gromph por causa de sua ambição, o que é incomum é o fato dela ter voltado da morte apesar deste ódio -- embora Baenre sinta a falta de sacerdotisas poderosas após o cerco aos Salões de Mitral. É possível que ambos pensem que a ambição de Quenthel poderia ser satisfeita um pouco caso obtivesse o domínio total de Arach-Tinilith, ou pelo menos ela se preocuparia com a academia do que se intrometer em outras coisas. Merith, um cidadã adotada pela casa, é uma poderosa clériga, e enquanto seu passado de completa falta de sutileza e talento para intrigas puder ser um obstáculo, talvez agora sua aspereza possa ser uma vantagem enquanto a casa tenta consolidar o poder. Sos'Umptu é outra irmã de Triel e guardiã da capela da casa Baenre. Mantendo seu papel como sacerdotisa da capela e a falta de ambição, ela é muito devota a vontade de Lolth e usa sua sabedoria para ajudar sua casa durantes as crises. Um notável membro da casa é Berg'inyon, o filho mais jovem da antiga matrona. Líder da cavalaria de cavaleiros-de-lagartos no exército de Baenre, ele viu Drizzt lutar quando ambos eram estudantes da Melee-Magthere (uma academia de luta) e sabe que seu ataque é fútil. Berg'inyon foi por muito tempo um pragmatista e atento a sua posição na sociedade dominada pelas mulheres drows. Ele participou do ataque aos Salões de Mitral, mas não há muitas notícias dele desde então; ele pode ter retornado a Menzoberranzan e relativamente obscurecido em sua casa, ou pode ter se unido ao grupo de Jarlaxle.

Uma Nova Teia é Tecida

Em Dissolução, o primeiro romance da série Guerra da Rainha Aranha, o poder que sustenta Menzoberranzan está cortado na fonte, e a cidade corre o risco de uma total guerra civil. Como primeira casa da cidade, Baenre está sendo um alvo tentador para os oprimidos de milhares de anos. Enquanto eles tem mais poder e prestígio, significa que eles tem mais o que perder na próxima batalha. Triel, Gromph, e Quenthel são os personagens fundamentais neste conflito, com o destino da cidade em grande jogo caótico de poder, decepção, e alianças constantes.



Para ver esta e outras publicações de romances vá para nossa seção de suplementos - romances.

Os Últimos Dias de Glória © Todos os direitos reservados 2004 - Forgotten Realms™ e seus personagens são marcas registradas da Wizards of The Coast Inc.
This page is a fan site and is not produced or endorsed by Wizards of the Coast. Forgotten Realms is a registered trademark of Wizards of the Coast, Inc.