Os Últimos Dias
de Glória
O que é RPG
Página Principal
A Comitiva da Fé
Definição
Histórias
Última História
Personagens
Jogadores
Galeria de Arte
Diversos
Forgotten Realms
 Definição
 Geografia 
 Divindades
 O Mundo
 Organizações
 Personagens
Artigos
 Galeria
Suplementos
Autores
Site
 Matérias
 Downloads
 Notícias
 Parceiros
Links
 Sobre o Site
 Glossário
 Créditos
Mensagens Arcanas
E-mail


powered by FreeFind

Notas de Romance
 
Entrevista com Troy Denning

Por Michael G. Ryan
Tradução por Marcus Vinicius Facin Brisolla, Curitiba-PR.


O conto de Galaeron, um jovem mago elfo no centro de uma grande batalha, e seus companheiros teve inicio há quase dois anos atrás com o lançamento de The Summoning, o primeiro livro na trilogia épica de Troy Denning que narra o retorno dos maléficos arquimagos quando eles iniciam um assalto geral em Faerûn a partir da cidade de Obscura, uma vez parte da antiga Netheril. O conto do ataque continua em The Siege e, em tempo finalmente, conclui em The Sorcerer, que traz a invasão para um excitante clímax que certamente satisfará tanto fãs dos contos dos Reinos Esquecidos, quanto aos fãs do trabalho de Troy Denning.

"The Sorcerer começa poucos meses após o final de The Siege", explica Denning, "após todos - bem, quase todos - terem tido a chance de descansar e curar um pouco. Cada um dos blocos de poder iniciou uma trama, a qual acreditam que os ajudará a vencer a batalha final. Certamente, seus planos se chocam em caminhos surpreendentes - especialmente para Galaeron e seus amigos, que simplesmente não podem descansar".

The Siege foi cheio até a borda com ação e ainda assim foi extremamente cruel e obscuro em muitos lugares. Portanto, o tom em The Sorcerer deveria ser muito familiar para os leitores das linhas anteriores na série, pois a situação pode ficar muito mais desesperadora para Evereska. Porém simplesmente quanto pior podem as coisas ficarem para a cidade élfica? "Os phaerimm são muito poderosos e tem desprazerosos planos para a Ultima Casa", admite Denning. "O povo de Obscura sempre consideraram isto dispensável, e o resto de Faerûn está muito abatido para ajudar. No lado positivo, Encontro Eterno finalmente teve tempo de colocar seus atos no lugar e enviar ajuda". Mas decidir se Evereska está em melhor situação no final do livros do que estava no começo, Denning reconhece que os leitores terão de julgar por eles mesmos.

Como alguém pode esperar, escrever sobre seres tão poderosos com vastos recursos e metas grandiosas pode vir a ser um desafio, mas Denning afirma que os desafios mantiveram-se praticamente os mesmos de livro para livro enquanto ele escrevia a série. "Os níveis de poder são tão altos que tentar pensar sobre todos os contatos óbvios é a parte mais difícil", ele nota. "Quando você lida com os Escolhidos e os Príncipes de Obscura, você deve lembrar-se que eles podem fazer muito. Isto me lembra de um RPG de poder (Lords of Creation) que Tom Moldvay estava desenvolvendo nos meus primeiros dias na TSR. Qualquer coisa poderia - e acontecia - acontecer". Com personagens como Galaeron, no entanto, os desafios são levemente diferentes a medida que Denning leva a personagens para seus novos poderes e habilidades, mas ele gosta da chance de passar o tempo desenvolvendo tais personagens de seu próprio legado. No casa de Galaeron em particular, ele compara o mago com um velho amigo. Após três livros, a personagem ainda parece nova para ele.

"Algumas vezes, personagens passam por seus desafios e parece que eles chegaram ao fim de suas histórias", ele mostra. "Felizmente, eu não acho que este seja o caso com Galaeron. Ele realmente esta apenas no inicio de seus desafios, assim eu espero que o vejamos muito mais sobre ele no futuro". Por enquanto, ele diz, nada foi definitivamente planejado para a continuação das aventuras de Galaeron, mas Denning sente que a personagem tem espaço de sobra para crescer. "Eu acho (e espero) que os leitores se identifiquem com quão obscuras as escolhas a frente de Galaeron são; ele sempre tenta fazer a coisa certa, mas a escolha moral nem sempre conduz a um resultado positivo. Na verdade, algumas vezes isto aparenta fazer as coisas piores, e desta forma ele deve ele deve lutar com a questão que todos nós enfrentamos em algum momento - algumas vezes muitas vezes - de nossas vidas: 'Se eu estou realmente fazendo a coisa certa, como as coisas continuam piorando?'"

De sua parte, Denning está certamente fazendo a coisa certa ao continuar desenvolvendo muitos dos numerosos contos que, combinados, compõe o mundo dos Reinos Esquecidos. Ele está em alta entre os fãs dos Reinos como um dos autores prediletos do mundo-compartilhado; recentemente ele começou a escrever romances para o mundo de Guerra nas Estrelas, onde ele também está rapidamente tornando-se um nome conhecido. Seu livro capa-dura Star by Star o colocou no mapa de uma galáxia distante, muito distante. Mas com publicações de alto nível e reconhecimento vêm as inevitáveis críticas - por enquanto, a lacuna de tempo entre The Summoning e The Siege parece ter distraído alguns leitores enquanto outros discordaram da apresentação dos elfos de Denning no primeiro livro da trilogia. Como ele aponta, todo retorno pode vir com complicações, seja esse retorno de apoio ou de critica. "Você sabe, eu não acho que exista uma boa maneira de ler os retornos dos fãs e manter-se um nível acima. Ou, se existe, eu não a encontrei", ele diz. "Muitos elogios podem inflar sua opinião sobre seu trabalho além das expectativas reais; criticas severas podem te mandar correndo para classificados procurar algo que você seja bom. Eu cheguei a um ponto em que evito ler as revisões; Eu sinceramente aprecio palavras gentis e criticas ponderadas, mas estou pasmo com o que alguns leitores dizem quando não gostam de um livro. Houve um cara que enviou como sugestão que eu deveria ser morto pois ele não havia gostado do tom da história (e isto NÃO foi para um livro de Guerra nas Estrelas). Ele falava sério? Se não falava, porque colocou isto num quadro de mensagens? Outros comentários podem ser ainda mais cortantes e pessoais, e este tipo de coisa tende apenas a tornar engraçado a interação com os leitores".

O trabalho literário de Denning no universo de Guerra nas Estrelas não termina com Star by Star, no próximo ano, ele irá lançar Tatooine Ghost, livro o qual ele atualmente lista como seu favorito dentre todos que já escreveu (claro que ele também frisa que seu favorito é "geralmente aquele que eu acabei de terminar").

"Voltando o suficiente para ser razoavelmente objetivo", ele adiciona, "Eu acho que Pages of Pain e Crucible são dois dos meus melhores trabalhos tecnicamente. Eu aprendi muito sobre contar histórias escrevendo estes livros. Minha série favorita é inevitavelmente Dark Sun - existe mais da minha alma naqueles livros pois era meu mundo (e de Tim Brown). Minhas histórias favoritas são provavelmente Dragonwall e Beyond the High Road - Eu provavelmente irei adicionar Star by Star a lista também, mas ainda é muito cedo para ser objetivo com este. O mesmo digo para a trilogia Archwizards, que ilustra minha filosofia pessoal mais do que qualquer outro conjunto de livros que já escrevi".

Por hora, já que The Sorcerer encerra a trilogia Archwizards, Denning está terminando revisões em Tatooine Ghost no prazo para seu lançamento agendado para Março de 2003. No entanto a Amazon lista o livro como tendo 624 páginas, Denning suspeita que isto provará ser "um par de centenas de páginas muito longas. É apenas dois terços do tamanho de Star by Star, e ISTO é apenas um pouco em 600 páginas". Para os fãs tanto de Guerra nas Estrelas ou de Denning que estão morrendo por alguns detalhes sobre o livro, o autor provê apenas algumas pistas: A história é tecnicamente uma ponte entre o contemporâneo e a era clássica, traçando linhas de história nos dois tempos, mas sua preocupação primordial é a luta de Leia para chegar a um acordo com seus herdeiros. "Sua colocação narrativa está poucos meses após Han e Leia se casarem, antes de terem filhos, assim Chewbacca está na história, também", adiciona Denning. "Não há batalha com sabre de luz - Luke está envolvido apenas perifericamente - mas existem batalhas espaciais, stormtroopers, Jawas,Tusken Raiders e uma dupla de velhos amigos de Anakin Skywalker".

Já para futuras aventuras no mundo de Faerûn, Denning não tem planos imediatos. "Após escrever a trilogia Archwizards, eu meio que precisava de uma pausa", ele admite. "Galaeron e Vala (e Takari) são possibilidades reais para minhas histórias, assim como Malik, Aris e Ruha. Nós apenas teremos que ver pra onde vão os Reinos Esquecidos enquanto eu ponho em dia meu sono". No fundo do seu coração ele adiciona, é um fã dos Reinos Esquecidos, também, e assim ele se esforça para escrever o que ele gostaria de ler. "Eu acredito que esta é realmente a melhor maneira e a mais honesta, para um escritor alcançar sua audiência".

A Sociedade dos Escritores Aliterados, um grupo de bem conhecidos escritores de fantasia ao qual Denning pertence, diz em sua página na internet que para melhor entender Troy Denning, alguém deveria "beber quatro porções de Guinness, e então rastrear Chuck Norris e dizer a ele quão velho e fora de forma ela está". Denning responde notando, " Vamos dizer apenas que eu vivo em mais de um mundo de fantasia ao mesmo tempo".

Para alegria de muitos fãs, um destes mundo é o dos Reinos Esquecidos, e The Sorcerer irá em breve mostrar a eles porque Troy Denning irá sempre ser um residente bem recebido aqui.



Para ver esta e outras publicações de romances vá para nossa seção de suplementos - romances.

Os Últimos Dias de Glória © Todos os direitos reservados 2004 - Forgotten Realms™ e seus personagens são marcas registradas da Wizards of The Coast Inc.
This page is a fan site and is not produced or endorsed by Wizards of the Coast. Forgotten Realms is a registered trademark of Wizards of the Coast, Inc.