Os Últimos Dias
de Glória
O que é RPG
Página Principal
A Comitiva da Fé
Definição
Histórias
Última História
Personagens
Jogadores
Galeria de Arte
Diversos
Forgotten Realms
 Definição
 Geografia 
 Divindades
 O Mundo
 Organizações
 Personagens
Artigos
 Galeria
Suplementos
Autores
Site
 Matérias
 Downloads
 Notícias
 Parceiros
Links
 Sobre o Site
 Glossário
 Créditos
Mensagens Arcanas
E-mail


powered by FreeFind

Notas de Romance
 
Perfil do Autor: Voronica Whitney-Robinson

Traduzido por Priscila Veduatto; revisado por Daniel Bartolomei Vieira.



Voronica Whitney-Robinson tirou um tempo longe de seus escritos para reservar alguns pensamentos e responder algumas perguntas sobre o trabalho dela. Ela admite que se divertiu muito proporcionando para as pessoas as histórias que escreveu, e ela espera que os leitores tenham alguma diversão lendo-os, também! Dê uma olhada em algumas das respostas dela para nossas perguntas para descobrir mais sobre ela.

Wizards of the Coast: Como você começou como escritora?

Voronica Whitney-Robinson: Eu tive um ou dois poemas, assim como alguns documentos científicos publicados profissionalmente, mas meu primeiro romance foi Spectre of the Black Rose (O Espectro da Rosa Negra), o último romance de Ravenloft da Wizards of the Coast. James Lowder me trouxe ao projeto como uma co-autora porque ele estava familiarizado com minhas habilidades de escrita, e nós nos divertimos muito escrevendo sobre Lorde Soth.

Wizards: Quais são suas principais influências como escritora?

Voronica: Eu teria que dizer que outros escritores me inspiram. Porém, algumas vezes, muitas de minhas experiências de vida também são boas inspirações. Eu morei nas selvas da África durante três anos, assim como no interior da Nova Zelândia durante um ano. Eu tive muita sorte por viajar para mais de 30 países, e a Antártica é o único continente que eu não coloquei o pé. Eu espero retificar isso em uma viagem de mergulho na primavera que vem.

Wizards: Qual o primeiro livro que você se lembra de ler lido quando criança?

Voronica: Havia um livro sobre uma família de ursos… não a história de Cachinhos Dourados. O primeiro cujo título eu posso recordar é Life in a Pond (Vida em uma Lagoa). Meu pai, que era na ocasião um motorista de ônibus escolar, encontrou aquele livro no seu ônibus quando eu tinha quase três anos e deu-o para mim enquanto eu sentava no bloco do motor.

Wizards: Quais são seus autores favoritos no momento?

Voronica: Alguns dos autores que eu gosto de ler são os de não ficção porque eu li muitos assuntos de biologia marinha. Nos reinos de ficção eu tenho que admitir uma culpada atração por Stephen King e Anne Rice. Esses dois são meus pequenos segredos de culpa. Eu também gostei do mais recente livro de Angela Bourke, The Burning of Bridget Cleary (A Queima de Bridget Cleary), um livro de não-ficção sobre uma mulher na Inglaterra por volta da virada do século 20 que foi queimada até a morte pela sua família porque eles pensavam que ela era uma criança deixada por fadas.

Wizards: O que você faz para fluir seu processo criativo?

Voronica: Muitas vezes, eu abaixo as luzes, acendo algumas velas e toco uma música apropriadamente evocativa para me ajudar a concentrar. A Paixão de Cristo de Peter Gabriel é uma de minhas seleções favoritas, bem como as músicas de Loreena McKennitt. Às vezes, entretanto, eu tenho que admitir que meu adiamento me alcança, e eu, simplesmente tenho que conseguir andar com meu projeto. Eu, definitivamente, sou alguém que pode frgmantar o trabalho. Eu tendo a escrever bons pedaços para manter o impulso fluindo.

Wizards: Como você desenvolveu a personagem Tazi, que foi retratada em The Halls of Stormweather (Os Salões da Tempestade) e Sands of the Soul (Areias da Alma)?

Voronica: Me foi dado algumas análises de personagens básicos, e eu apenas deixei que ela me levasse aonde ela quis e às vezes precisava ir. Eu mesma esbocei algumas coisas quando escrevi sobre ela.

Wizards: Você compartilha algumas características com Tazi?

Voronica: Eu gostaria de pensar que tenho algumas das características mais admiráveis dela, como lealdade e intrepidez. Mesmo eu tendo algumas habilidades de esgrima, eu definitivamente não me comparo às habilidades dela no que diz respeito a trocar espadadas, e ela é melhor arrombadora de fechaduras do que eu. Porém, eu gosto de pensar que tenho mais bom gosto quanto a homens do que ela, e eu quase nunca me envolvo em feitiçaria. Houve aquela vez, entretanto…

Wizards: O que ou quem a inspirou a ser autora?

Voronica: Eu não posso dizer que aquela pessoa diretamente me inspirou a me tornar uma autora. Minha mãe fez um bom trabalho me fazendo amar livros, assim como tolerar minha paixão por revistas em quadrinhos. Elas, definitivamente, eram uma fuga maravilhosa, e eu sempre pensei que livros são a coisa mais íntima para uma pessoa, de fato, ver o mundo por outros olhos. Isso é uma coisa poderosa.

Wizards: O que você mais gosta sobre escrever ficções de mundo compartilhado?

Voronica: Eu não estou segura de que seja um gostar, mas o que eu acho desafiador sobre o gênero é que outro autor pode usar um personagem o qual eu escrevi e fazer algo àquele personagem que eu não havia imaginado. A imprevisibilidade faz coisas interessantes para se lidar e ainda poder levar aquele personagem para onde eu queria que ele fosse. Também, muitas mentes criativas estão trabalhando; seus escritos incentivam algumas de minhas idéias. O mundo está sempre evoluindo e isso faz um maravilhoso ponto de encontro para colaboração e imaginação.

Wizards: Em quais projetos você está trabalhado atualmente?

Voronica: Eu acabei de terminar uma contribuição para um livro fonte para a White Wolf e tenho trabalhado em uma ficção para uma série antológica, bem como trabalhado em outro romance para a Wizards of the Coast estrelado, mais uma vez, por Tazi. Entretanto, dessa vez, ela estará completamente só, já que não é outra história de Sembia.

Confira os produtos mais recentes que Voronica Whitney-Robinson trabalhou:

Sands of the Soul (Areias da Alma)
Spectre of the Black Rose (O Espectro da Rosa Negra)
The Halls of Stormweather (Os Salões da Tempestade), escrito em parceria com com Ed Greenwood, Clayton Emery, Lisa Smedman, Dave Gross, Richard Lee Byers e Paul Kemp



Para ver esta e outras publicações de romances vá para nossa seção de suplementos - romances.

Os Últimos Dias de Glória © Todos os direitos reservados 2004 - Forgotten Realms™ e seus personagens são marcas registradas da Wizards of The Coast Inc.
This page is a fan site and is not produced or endorsed by Wizards of the Coast. Forgotten Realms is a registered trademark of Wizards of the Coast, Inc.