Os Últimos Dias
de Glória
O que é RPG
Página Principal
A Comitiva da Fé
Definição
Histórias
Última História
Personagens
Jogadores
Galeria de Arte
Diversos
Forgotten Realms
 Definição
 Geografia 
 Divindades
 O Mundo
 Organizações
 Personagens
Artigos
 Galeria
Suplementos
Autores
Site
 Matérias
 Downloads
 Notícias
 Parceiros
Links
 Sobre o Site
 Glossário
 Créditos
Mensagens Arcanas
E-mail


powered by FreeFind

Notas de Romance
 
Perfil do Personagem: Thazienne Uskevren

Traduzido por Guilherme Bianchi; revisado por Daniel Bartolomei Vieira.



Descrição: Tazi, como é chamada por seus amigos, tem vinte e quarto anos. É uma jovem de beleza rara que promete ser mais bela em sua maturidade. Ela é alta, com músculos delgados, e é bastante atlética. Seus olhos verde-água reluzem seu rosto agradável, e seu cabelo negro destaca bem sua pele cor-de-mel. Alguns anos atrás, ela cortou o cabelo que ia até a cintura, trocando por um estilo mais curto.

Aparentemente a razão foi que o cabelo curto era bem popular em Cormyr, ma o verdadeiro motivo eram duplo: o cabelo comprido aborrecia muito sua mãe, e o comprimento era muito mais conveniente para suas atividades noturnas. Entretanto, mais tarde, Tazi sentiu uma menor necessidade de se esconder por atrás de disfarces e deixou seu cabelo crescer novamente.

Vinda de uma das mais antigas e afortunadas famílias de Selgaunt, Tazi não sofre falta de opção em seus finos guarda-roupas. Quando na companhia de sua família ou qualquer outro membro da elite de Selgaunt, Tazi prefere vestir o que está na moda em Comyr. Saias longas, sandálias, blusas coladas e luvas apertadas são seus favoritos. Entretanto, quando chega a noite, ela escapa da vida cotidiana de um Uskevren, e sua vestimenta passa a ser diferente.

Quando passa seu tempo no Distrito Sangue-de-Boi, onde secretamente mantém um quarto em uma taverna chamada Ferramentas de Logro Quebradas, ou faz uma de suas “selvagerias” (termo que ela escolheu para as saídas menos respeitáveis.), Tazi veste roupas típicas de uma ladra. Ela prefere couro preto, cuidadosamente untado (para menores ruídos). Ela carrega uma adaga em sua bota direita e uma lâmina de guarda sembiana nessas ocasiões. Normalmente ela também carrega equipamentos para abrir fechaduras presos em seu antebraço. As roupas e o cabelo curto a ajudam a se passar por um homem jovem. Suas próprias artimanhas a fazem passar horas de diversão. Entretanto, ultimamente, ela tem tentado parecer intencionalmente menos homem ao se virar sozinha.

Histórico: Nascida em 1349 CV, Tazi é a filha do meio e a única menina de Thamalon e Shamur Uskevren. Quando era mais nova, Tazi preferia brincar com seus irmãos mais velhos nos vários passeios pela cidade ao invés das salas de casa. Depois de algumas semanas, seu irmão mais velho Tamlin usou seus punhos para convencê-la que ela não era desejada, Tazi começou, aos 10 anos, explorar a cidade por conta própia. Naturalmente, uma menina sem um acompanhante chama bastante atenção, mas superou o problema e se protegeu bem, apunhalando o primeiro estuprador que cruzou seu caminho. Em seguida começou a carregar uma adaga pequena, e disfarçava-se com uma roupa rasgada e rústica. Embora não escapasse de sua educação tradicional e do treinamento esperado de uma menina de seu calão, ela desfrutou melhor as lições que aprendeu sozinha.

Quando Tazi parou de robar em sua própria residência, ela gradualmente começou a roubar os mais ricos. Recentemente ela começou a fazer arrombamentos, roubando os conhecidos da família com quem ela convive. Poucos de seus amigos sabem de suas saídas à noite, mas ela permitiu que um jovem mago chamado Steorf a acompanhasse ocasionalmente. Fora de sua família, somente o fazendeiro Erevis Cale sabia das coisas que ela fazia. Quando ela era menor, ele a deu treinamento e conselhos para o caminho que ela havia escolhido, e Tazi sentiu que poderia confiar nele. Em dias passados, ele teve que ouvir suas “selvagerias” quando se juntavam para beber em sua despensa.

Há poucos anos atrás, muito daquilo mudou. Depois de uma aventura com um necromante chamado Ciredor, Tazi perdeu muito de seu lado brincalhão. E depois de um ataque em sua casa, as Torres da Tempestade, ela ficou quieta, literalmente uma sombra do que era. Sem ela e sua família saberem, o clérigo chamado para curá-la depois dos ataques era o próprio Ciredor disfarçado. Ele roubou uma parcela de sua alma e partiu. Durante meses ela sofreu de uma fraqueza e não conseguia se mexer, não importava quanta força fizesse ou tentasse se recuperar. Eventualmente, o seu amigo élfico Ebian, tentando roubar bugigangas para divertí-la, descobriu o crime que Ciredor tinha preparado contra ela e recuperou o fragmento de sua alma ao custo de sua própria vida. Quando Tazi descobriu o que aconteceu, saiu em uma missão para os lugares mais longínquos de Calim, seu objetivo era parar Ciredor que queria chegar ao nível de deus. No curso desta missão, ela perdeu mais um de seus queridos amigos, Fannah, mas conseguiu parar Ciredor para sempre.

Havia um pouco de paz quando ela retornou para sua casa em Tempestade. Uma série de eventos cataclísmicos reuniu quase toda a família próxima e levou a morte de seu pai, Thamalon Uskevren. Depois disso, por razões que ela somente suspeita, seu amigo Erevis Cale, não mais um servo da família, partiu.

Nesse este ponto, Tazi já sentiu o toque da morte muitas vezes. Mal superou a morte de seus dois amigos, e agora tem a dor de perder o próprio pai. Tazi é uma mulher assombrada por fantasmas e promessas não cumpridas e está disposta a ia para onde for preciso para apaziguar esses espíritos inquietos, não importa quanto custe ou para onde sua jornada pode levá-la, ela simplesmente não entende que o preço de sua procura possa levar adiante a destruição de um país inteiro.

Notas de Interpretação: Desde criança, Tazi provou ser de natureza contraditória. Um dia ela pode salvar um bebê perdido e deixá-lo aos cuidados de um templo, e no outro poderia encontrar-se roubando de sua própia propiedade. Ela gosta do caos por si só. Mas havia sementes da maturidade nela, que alguns perceberam. O elfo da lua Durlan percebeu, Erevis viu algo a mais nela, e até mesmo seu próprio pai reconheceu que ela era logicamente a escolha certa para os negócios de família.

Enquanto antigamente sua tendência era caótica e neutra, hoje sua tendência é mais caótica e boa. Entretanto, com todas as arriscadas aventuras que assume e aqueles que cruzaram seu caminho, uma chance para um lado mais sombrio em sua tendência ainda existe.

Leia mais sobre Tazi no romance The Crimson Tide [A Onda Carmesim] escrito por Verônica Whitney-Robinson. Você também pode explorar seu passado de aventuras na série de romances em Sembia.



Para ver esta e outras publicações de romances vá para nossa seção de suplementos - romances.

Os Últimos Dias de Glória © Todos os direitos reservados 2004 - Forgotten Realms™ e seus personagens são marcas registradas da Wizards of The Coast Inc.
This page is a fan site and is not produced or endorsed by Wizards of the Coast. Forgotten Realms is a registered trademark of Wizards of the Coast, Inc.