Os Últimos Dias
de Glória
O que é RPG
Página Principal
A Comitiva da Fé
Definição
Histórias
Última História
Personagens
Jogadores
Galeria de Arte
Diversos
Forgotten Realms
 Definição
 Geografia 
 Divindades
 O Mundo
 Organizações
 Personagens
Artigos
 Galeria
Suplementos
Autores
Site
 Matérias
 Downloads
 Notícias
 Parceiros
Links
 Sobre o Site
 Glossário
 Créditos
Mensagens Arcanas
E-mail


powered by FreeFind

Notas de Romance
 
Perfil do Personagem: Dorn Riacho Cinzento

Por Richard Lee Byers
Traduzido por Robson Bélli; revisado por Daniel Bartolomei Vieira.



Dorn Riacho Cinzento é o filho de dois servos do mago de Colina Longínqua. Quando era um menino pequeno, o mestre dos seus pais enviou-os com uma mensagem para outra cidade, e então Dorn foi testado durante a viagem. Quando na estrada, a família atraiu a atenção de um ancião vermelho, um membro da violenta revoada dos dragões. O réptil colossal matou seus pais antes mesmo que Dorn pudesse piscar os olhos, e com isso arrancou o braço e o pé esquerdo da criança. Entretanto, por alguma razão, o dragão partiu sem matar o garoto.

Dorn inquestionavelmente sangraria até a morte, exceto se o mago não tivesse, ocultamente, mantido meios de rastrear seus fiadores enquanto estavam ausentes. Ele percebeu o perigo, mas se recusou a arriscar a própria vida para tentar salvá-los do dragão. Entretanto, depois que o ancião partiu, o bruxo teleportou-se magicamente para o local do massacre para ver quanto de sua propriedade ainda poderia ser salva.

Para todas as finalidades práticas, essa propriedade agora incluía Dorn. De acordo com as duras leis de Colina Longínqua, se os pais do menino não pudessem cumprir seus contratos com seu mestre por alguma razão, incluindo aí suas mortes, seu filho herdaria a obrigação de terminar os termos do serviço. Assim, uma vez que o mago evitou que Dorn perecesse, ele colocou em sua mente a tarefa de determinar qual era o melhor uso do jovem aleijado.

O mago já havia observando que Dorn possuía um corpo robusto e uma natureza arrojada. Consequentemente, decidiu investir seu tempo e recursos para adequar o menino com próteses encantadas de um braço e um pé de ferro, transformando-o em um tipo de criatura hibrida chamada de meio-golem. Ele então enviou Dorn para uma escola de gladiadores, onde seus professores, reconhecendo que o garoto tinha uma aptidão particular para lutar contra animais selvagens e abominações, orientaram seu treinamento neste sentido.

Dorn logo começou uma carreira bem sucedida na arena. O mago ganhou somas enormes em apostas feitas nele. Mas o jovem escravo obteve poucos benefícios ou alegrias de suas vitórias. Ele era solitário, movido pela tristeza de ter perdido os pais e a sensação dolorosa com relação à aparência grotesca de seu corpo híbrido. Odiou o mago por ter falhado em ajudar seus pais, para então torná-lo um monstro, e depois explorá-lo com isso. Ansiou escapar da sua servidão, e embora fosse testado até a chegada da idade adulta, finalmente encontrou uma oportunidade de matar seu mestre e fugir para longe de Colina Longínqua.

Mais tarde, necessitou ganhar para viver, e desde que matar bestas perigosas era a única habilidade que possuía, acabou por entrar no negócio como um itinerante caçador de aluguel nas turbulentas cidades estados ao redor do Mar da Lua. No início, apreciou somente um modesto sucesso, porque um talento para massacrar criaturas selvagens só era útil quando poderia ser encontrada nas regiões selvagens. Mas suas fortunas melhoraram quando formou uma parceria com Raryn Furta Neve, um anão ártico que vagou para o sul da Grande Geleira para ver como era a vida em climas mais amenos. Um ranger realizado, Raryn podia seguir todo tipo de animal sobre qualquer tipo de terra.

Posteriormente, a dupla recrutou outros parceiros, realçando sua eficácia. Formaram também uma associação com Dedos de Fogo, Rilitar, Sombra d’Água e vários outros magos de Thentia. Os magos forneceram as armas mágicas, as armaduras e as poções mágicas úteis aos caçadores, e em troca, Dorn e seus aliados deram-lhes uma parte de seus lucros.

Hoje Dorn é bem sucedido na carreira que escolheu, contudo permanece um homem só, amargurado, e que ainda pensa que é um monstro horrível. Sua agitação interna resulta em um comportamento grosseiro, moroso e calado que tende à alienação, mesmo com aqueles que puderam negligenciar sua aparência bizarra.

Dorn tem poucos prazeres ou entusiasmos. Parece negar desenvolver afeição para qualquer um ou qualquer coisa, a fim de que um ponto macio em sua natureza faça-o sofrer ainda mais. Mas ele tem uma paixão por matar dragões, que odeia desde o dia que o vermelho o mutilou e o matou seus pais. Ele fez um estudo sobre anciões para ajudar-lhe a vencê-los, e aceita ansiosamente toda concessão para caçá-los.

Numa primeira impressão, Dorn pode certamente parecer monstruoso. Seus membros de ferro são mais grossos do que seus naturais, tornando seu corpo alto e assimetricamente musculoso. Sua mão de metal possui unhas e espinhos nas juntas dos dedos. Uma meia máscara de ferro cobre todo seu perfil esquerdo, do queixo até onde começa seu cabelo preto.

Ao lutar à distancia, Dorn geralmente usa um arco longo. Em combate corpo a corpo, ele confia em um estilo de combate que emprega sua anatomia original como melhor vantagem. Ele luta com sua metade inumana quase indestrutível adiante, usando sua mão de metal para aparar ataques e golpear e arranhar quando possível. Então, quando um adversário baixa a guarda, ele troca de posição completamente e faz cortes poderosos com sua espada bastarda empunhada por seu braço humano.

Ao contrário de alguns meio-golens com membros de ferro, a Dorn falta o poder de desencadear uma nuvem de vapor tóxico. Por alguma razão, seu mestre mago negligenciou lhe dar esta capacidade. Mas o conjurador construiu as próteses de Dorn de tal maneira que elas podem funcionar tão rapidamente quanto os membros de um homem normal. Certamente, muitos adversários iludidos pela aparência pesarosa dos volumosos apêndices de metal de Dorn, pagaram um preço fatal por julgar mal o quão rapidamente o caçador pode atacar e golpear.

Leia mais sobre Dorn no romance The Rage (A Fúria) escrito por Richard Lee Byers.



Para ver esta e outras publicações de romances vá para nossa seção de suplementos - romances.

Os Últimos Dias de Glória © Todos os direitos reservados 2004 - Forgotten Realms™ e seus personagens são marcas registradas da Wizards of The Coast Inc.
This page is a fan site and is not produced or endorsed by Wizards of the Coast. Forgotten Realms is a registered trademark of Wizards of the Coast, Inc.