Os Últimos Dias
de Glória
O que é RPG
Página Principal
A Comitiva da Fé
Definição
Histórias
Última História
Personagens
Jogadores
Galeria de Arte
Diversos
Forgotten Realms
 Definição
 Geografia 
 Divindades
 O Mundo
 Organizações
 Personagens
Artigos
 Galeria
Suplementos
Autores
Site
 Matérias
 Downloads
 Notícias
 Parceiros
Links
 Sobre o Site
 Glossário
 Créditos
Mensagens Arcanas
E-mail


powered by FreeFind

Notas de Romance
 
Perfil do Personagem: Grozier Talricci

Por Thomas M. Reid
Traduzido por Bruno Lemos; revisado por Daniel Bartolomei Vieira.



Embora Grozier Talricci tenha desfrutado dos benefícios do luxo durante todos os seus trinta e um anos de vida, ele nunca se sentiu realmente satisfeito com o que possuía. Uma necessidade de acumular mais – mais poder, mais riqueza, mais prestigio na visão dos outros grandes mercadores de Arrabar – queimava dentro de si desde sua juventude. Tal paixão, tal avareza, desafiavam e atormentavam o líder da Casa Talricci e o levava a um perigoso e conturbado caminho.

Como filho primogênito de Aldrar Talricci, Grozier passou sua infância ao lado de seu pai, aprendendo o negócio de ser bem sucedido. Apreciava as oportunidades de acompanhar seu pai durante as viagens de negócio, treinando para eventualmente suceder o líder Talricci quando outros garotos de sua idade e estado social estavam cavalgando e praticando arquearia. Presente nos acordos financeiros e observando quietamente como os outros se dirigiam ao seu pai durante as negociações, Grozier tornou-se um estranho aprendiz. Na época com dezesseis anos, ele não só oferecia sugestões durante importantes transações, como também negociava termos de negócios menores por conta própria. Ele era implacável, conduzindo ásperas barganhas, quase ao ponto de destruir acordos, mas sempre parecendo saber quando parar e impor os termos. Tornou-se bem conhecido em certos círculos sociais como a criança prodígio que era a verdadeira força por trás da ascensão proeminente da Casa Talricci em Arrabar.

Ainda assim Grozier não se sentia realizado e nem satisfeito com seus talentos. Ele entendia da grandiosa paisagem politica e social da elite da cidade muito melhor do que podiam crer, e ele via a estagnação presente naquela imagem. Embora a Casa Talricci – uma casa relativamente jovem na linha do tempo de Chondath – estava ficando mais poderosa do que nunca, porém continuava sendo uma das casas menores no geral. Os antigos e poderosos clãs mercantes, como os Beltynes, Mestells e os Darowdryns, eram financeiramente independentes, apequenando todas as outras Casas da cidade e além. Grozier aspirava elevar a Casa Talricci ao mesmo nível que essas majestosas Casas tinham, mas foi descobrindo que os líderes destes clãs não iriam deixar o status quo das famílias menores mudar tão facilmente. Os tradicionais negócios eram dificeis de se quebrar, e poucos estavam dispostos a enfrentar a ira dos mais poderosos comerciantes negociando com uma casa emergente como era a Casa Talricci. Tentando o quanto pode, Grozier não conseguiu quebrar a barreira financeira que as casas maiores ergueram.

Tal conhecimento queimava em Grozier e incentivava a tentar com mais afinco desafiar o status quo de sua família e mudar a maneira que os negócios eram feitos em Arrabar. Ele começou a se engajar na prática dos negócios sombrios, negociando secretamente acordos projetados para minar os acordos já existentes entre as grandes casas e seus parceiros. Tais atos tiveram os efeitos desejados, mas não sem consequências. Quando a suspeita começou cair sobre Grozier, Aldrar enfrentou seu filho, insistindo para que os difíceis acordos criminosos fossem anulados. Grozier se recusou e acusou seu pai de ser uma pessoa de visão pequena. Quando nem Aldrar e tampouco Grozier estavam dispostos a voltar atrás neste confronto, o ancião Talricci ameaçou de renegar seu filho. Grozier, reconhecendo o risco não só para si como para a Casa Talricci inteira, foi forçado a negar seus planos e voltar aos negócios com um nível de responsabilidade reduzido.

Os negócios voltaram ao normal e o fervor sobre a “falta de sabedoria” de Grozier rapidamente se acalmou. De sua parte, o jovem Talricci aceitou de má vontade a necessidade de esperar pelo momento certo, mas secretamente jurou que tiraria a posição de seu pai quando fosse o momento apropriado. Ele sabia que deveria esperar durante um bom tempo se desejasse sucesso sem suspeitas nesse atrevido plano, mas como nunca fora um homem paciente, os quatro anos seguintes foram os mais difíceis de sua vida. Então, a oportunidade perfeita surgiu.

Devido a aparente grande aptidão de Grozier em comandar os negócios da familia, Aldrar começou a voltar sua atenção cada vez mais em esforços especulativos, buscando recursos para aperfeiçoar os caminhos não tradicionais dos negócios, viajando para lugares cada vez mais distantes, para os váriados tipos de civilizações. Quando as palavras sobre a captura de seu pai por forças desconhecidas na Floresta Lluir do Sul alcançaram Grozier algumas semanas após seu vigésimo terceiro aniversário, ele imediatamente fez um grande espetáculo ao preparar uma força de resgate para viajar ao sul. Ele contratou os melhores mercenários que o dinheiro podia pagar e enviou-os, com instruções secretas para encontrar Aldrar, assassinar o homem, e trazer o corpo de volta sob a mentira de terem recuperado o corpo dos assassinos que haviam o capturado primeiramente. Quando a palavra de que os mercenários haviam desaparecido dentro da mesma floresta retornou várias semanas depois, Grozier prestou luto por um adequado período de tempo, e então assumiu seu lugar por direito na liderança da Casa Talricci.

Quase que imediatamente, Grozier começou a planejar mais uma vez em minar o cerco que as grandes casas tinham em certos aspectos no comércio in Arrabar – um cerco que continuava a impedi-lo de fazer a Casa Talricci uma das casas da elite. Nos quatro anos em que foi forçado a se “exilar” dos assuntos dos negócios, começou a entender melhor por que o status quo de sua família não era respeitado em Chondath. Todas as grandes casas competiam uma contra a outra pela supremacia financeira, ele viu, e por causa da grande desconfiança entre si, nenhuma nunca participava de uma aliança de negócios com as outras. Grozier percebeu que o único caminho para quebrar as barreiras era elaborar uma aliança junto das casas menores e elaborar algo para que, juntos, pudessem ser mais poderosos que qualquer casa de elite. Ele começou a se dedicar a formar tal aliança.

Inicialmente, Grozier procurou jovens membros das outras casas que tinham pensamentos parecidos. Estes filhos de Arrabar, raciocinou, teriam atitudes similares a sua, desejando mais para si próprios do que suas famílias estavam dispostas a concender. Seus anos de negociação deu à Grozier um olhar afiado para detectar as características que procurava, e não demorou muito para criar rápidas amizades com um bom número de agitados herdeiros das casas mercantes emergentes. Não muito depois disso, Grozier começou planejar fundações para alianças a longo prazo com estes novos amigos, incluindo arranjar o casamento entre Evester Matrell da Casa Matrell e a irmã mais nova de Grozier, Marga. Com tais poderosos aliados, Grozier pôde colocar seu plano em prática, combinado a força financeira da união das casas para desafiar as maliciosas e arrogantes casas da elite de Arrabar, e superá-los em prestígio e riqueza de uma vez por todas.

Ver seus elevados objetivos quase dentro do seu alcance somente tornou Grozier Talricci um homem mais dirigido – um homem disposto a fazer qualquer coisa para elaborar seus cuidadosos e bem elaborados planos, e vendo-os se realizar. Tão dirigido ele está para alcançar um pico financeiro acima de todos em Chondath e apreciar o poder que vem com tal status, que é capaz de remover de seu caminho qualquer um que se poste entre ele e seus objetivos.

Para mais informações sobre esse personagem, leia The Ruby Guardian [O Guardião Rubi], romance de Thomas M. Reid.



Para ver esta e outras publicações de romances vá para nossa seção de suplementos - romances.

Os Últimos Dias de Glória © Todos os direitos reservados 2004 - Forgotten Realms™ e seus personagens são marcas registradas da Wizards of The Coast Inc.
This page is a fan site and is not produced or endorsed by Wizards of the Coast. Forgotten Realms is a registered trademark of Wizards of the Coast, Inc.