Os Últimos Dias
de Glória
O que é RPG
Página Principal
A Comitiva da Fé
Definição
Histórias
Última História
Personagens
Jogadores
Galeria de Arte
Diversos
Forgotten Realms
 Definição
 Geografia 
 Divindades
 O Mundo
 Organizações
 Personagens
Artigos
 Galeria
Suplementos
Autores
Site
 Matérias
 Downloads
 Notícias
 Parceiros
Links
 Sobre o Site
 Glossário
 Créditos
Mensagens Arcanas
E-mail


powered by FreeFind

Retorno à Montanha Subterrânea
 
Sala 1: O Fundo do Poço (NE - )

Por Matthew Sernett
Tradução por Jùlio César Borges; revisado por Daniel Bartolomei.

Se os PJs entrarem nesta área pelo poço no Portal Bocejante (veja Retorno à Montanha Subterrânea: Uma Introdução) leia o texto a seguir. Caso contrário, salte o próximo texto para se ler em voz alta.

Os últimos ecos da multidão bebendo em vossa honra e os sussurros apoio caem sobre vocês conforme descem profundamente pelo poço. Assim que a luz das tochas sobre vocês enfraquece, um frio os acolhe e vocês continuam afundando num lugar sem visão do fim. Vocês descem lentamente e cada vez mais fundo pela corda, quase como se vocês fossem a isca em uma linha de pesca sem peso em águas plácidas, mas o frio e o silêncio do poço não é nada além de pacífico. O silêncio tem mais de uma qualidade de espera.

Depois de serem abaixados pelo que pareceu uma eternidade, vocês vêem o fundo, afinal. Debaixo de vocês, extensões de chão coberto de areia e o destino os esperam na Montanha Subterrânea.

Permita que cada PJ reaja ao ambiente por um tempo e use o texto seguinte para a descrição da sala.

Vários centímetros de areia cobrem o chão desta sala aproximadamente quadrada. Escudos quebrados e dentados estão pendurados nas paredes de pedra cobertas com riscas de giz e carvão. O teto está a uns meros 3 m acima de vocês - assim como o corredor que conduz para fora da sala ao sul - mas um buraco de 9 m de diâmetro no teto forma uma chaminé que sobe a mais de 40 m.

Este é o fundo do poço, e o buraco acima leva ao Portal Bocejante (descrito no Retorno a Montanha Subterrânea: Uma Introdução). Os escudos que decoram as paredes são inúteis, embora alguns ostentem as insígnias de casas nobres e clãs anões. Os escritos nas paredes consistem em avisos horrendos, fragmentos de músicas populares e poemas e comentários grosseiros como os que se encontram em qualquer lugar. Existem escritos em Comum, Élfico, Anão, Halfling, Gnomo, Orc e Goblin (Mestres devem se sentir livres para adicionar idiomas regionais para adaptar à sua campanha). Muitas pessoas escreveram em Comum que "'Esse e aquele' estiveram aqui". Estes rabiscos sempre foram deixados com uma prova de cumprimento de uma aposta ou desafio de passar uma noite na Montanha Subterrânea.

Os escritos podem dizer quase tudo o que você quiser. Aqui estão algumas das inscrições mais notáveis:

• "Durnan é um bastardo. Eu juro por Gruumsh que quando eu sair daqui irei encher sua garganta com peças de ouro até ele sufocar. - Slurg" (escrito em Orc).
• "Hesod - Veio checar a música estranha que somente Jayce pode ouvir. Bebeu um pouco até voltarmos." (escrito em Comum).
• "Passaram-se dois dias. Deixe uma mensagem se você retornou. - Hesod" (escrito em Comum).
• "Passaram-se duas semanas. Eu não posso esperar mais. Eu procurei você por conta própria. Nenhum de nossos "amigos" poderão vir comigo. Se você não estiver comigo quando ler isto, então estou morto. Vingue minha morte contra aqueles que nos abandonaram em nossa hora de necessidade. - Hesod" (escrito em Comum).
• "Muitas espadas vieram aqui. Não fique" (escrito em Goblin).
• "Aqui jaz uma porta secreta,
mas você não vai encontrá-la ou,
conseguirá abri-la,
e então você irá apodrecer aqui nesta cova.
Ha ha" (escrito em Comum na porta secreta).
• "Cuidado com a loba e seus cães de caça noturnos. Eles assassinaram Sarth". (escrito em Comum).
• "Você veio aqui espontaneamente, agora você morrerá neste monte de lixo". (escrito em Comum).
• "Tymora, lembre-se se mim" (escrito em Comum).
• "Durembar Canela de Ferro esteve aqui e matou mais orcs do que poderia contar" (escrito in Anão). "Isso quer dizer, onze" (escrito em Élfico).
• "Cuidado com as passagens do leste. O Mago do Metal fez delas seu lar, e ele não está brincando" (escrito em Comum).
• "Quando você ouvir gritos, siga por outro caminho" (escrito em Halfling). "Covarde!" (escrito em Halfling em outra caligrafia).
• "Sorci Manto Sorridente morreu em algum lugar naquele labirinto. Ela usava um anel de latão em forma de coração. Se você encontrá-la, faça uma prece sobre seus ossos. Nós não temos tempo" (escrito em Gnomo).

Ganchos e Ligações para Aventuras

• Alguns habitantes da Montanha Subterrânea sabem que esta sala é um local por onde aventureiros adentrar na masmorra. A maioria das criaturas evitam-na por esta razão, mas um monstro desesperado de fome pode esperar logo na saída da sala.

• A areia na sala pode esconder uma ameaça mortal. Libris Mortis: The Book of Undead (Libris Mortis: O Livros dos Mortos-Vivos) contém o modelo forma selvagem de enxame que permite um morto-vivo mudar sua forma para a de um enxame. A forma de enxame de areia poderia ser particularmente útil, permitindo um morto-vivo deitar em espera na areia do chão. O modelo pode ser aplicado a qualquer morto-vivo corpóreo com um valor de Inteligência, e adiciona +1 ao ND do morto-vivo. Um carniçal poderia ser apropriado para um grupo de baixo nível, mas o Libris Mortis apresenta muitas outras grandes opções.

• Os escritos nas paredes podem trazer uma pista sobre uma armadilha ou charada encontrada posteriormente na masmorra.

• Os escritos nas paredes podem conter algo escrito por um velho amigo ou inimigo que os PJ não esperavam encontrar na Montanha Subterrânea.

Resumo da Sala

Criaturas: Nenhuma.
Armadilhas: Nenhuma.
Terreno: Chão arenoso; nenhuma regra especial.
Condições de iluminação: Escuridão.
Magia: Nenhuma.
Tendências Detectáveis: Nenhuma.
Segredos: (3) Há uma porta secreta, uma mensagem escondida e uma moeda de ouro que é o tesouro. Veja a barra lateral Testes de Perícia Relevantes.
Tesouro: 1 PO. Veja a barra lateral Testes de Perícia Relevantes.


Testes de Perícia Relevantes

Ouvir CD 14: Este resultado permite aos PJs ouvirem os murmúrios distantes do bar do Portal Bocejante, acima. Se um PJ bater a CD por 10 ou mais, ele pode discernir a conversa de alguém, provavelmente pegando trechos de conversas diferentes sobre suas chances de sucesso e quaisquer outros assuntos no qual os freqüentadores estão focados. Se alguém sussurrar lá em cima, a CD tem um adicional de +15.

Conhecimento (Geografia) CD 10: Uma das pedras na parede possui uma semelhança misteriosa com a forma das divisas de Cormyr. Isto só é importante se os PJs descobrirem as palavras arranhadas nas costas do escudo (veja abaixo).

Procurar CD 10: Um dos escudos possui as palavras, "Fenda na pedra na forma de Cormyr" arranhadas com uma faca em suas costas. Foi deixado como uma dica ao paradeiro da moeda de ouro deixada na fenda por alguém esperando usá-la para pagar Durnan pela viagem para cima. Possuir a dica fornece um bônus de +10 em um teste de Procurar para encontrar a moeda.

Procurar CD 25: Uma porta secreta bem escondida jaz na parede norte. Não pode ser aberta neste lado, exceto por magia ou força.

Procurar CD 25: Um teste de Procurar alto resulta na descoberta de 1 PO escondido na parede atrás de um dos escudos. Foi deixada por um explorador para pagar pela viagem de volta para cima. Infelizmente, ele nunca retornou para reivindicá-la, assim como a cunha de 40 anos de idade na moeda atesta.


O Mapa

O mapa desta sala está disponível como referência para os Mestres e com uma grade que funciona bem com suas miniaturas.

Mapa (39K ZIP/PDF)

O mapa é apresentado em formato Adobe PDF e está compactado em ZIP. Você precisa ter o Adobe Acrobat Reader instalado para usá-lo. O Adobe Reader pode ser baixado gratuitamente no website da Adobe.



Para melhor informação leia o artigo Retorno à Montanha Subterrânea: Uma Introdução e guie-se pelo Mapa de Referência.



Sobre o Autor

Uma vez o editor chefe da Dragon Magazine e agora designer de jogos na Wizards of the Coast, Matthew Sernett escreveu em um editorial da Dragon que não há nada em D&D que ele goste mais do que quando os aventureiros fogem pela masmorra, correndo desorganizadamante pelas armadilhas e monstros porque o que os persegue é pior. Quando escreveu isto, Matthew estava pensando na Montanha Subterrânea.

Os Últimos Dias de Glória © Todos os direitos reservados 2004 - Forgotten Realms™ e seus personagens são marcas registradas da Wizards of The Coast Inc.
This page is a fan site and is not produced or endorsed by Wizards of the Coast. Forgotten Realms is a registered trademark of Wizards of the Coast, Inc.