Os Últimos Dias
de Glória
O que é RPG
Página Principal
A Comitiva da Fé
Definição
Histórias
Última História
Personagens
Jogadores
Galeria de Arte
Diversos
Forgotten Realms
 Definição
 Geografia 
 Divindades
 O Mundo
 Organizações
 Personagens
Artigos
 Galeria
Suplementos
Autores
Site
 Matérias
 Downloads
 Notícias
 Parceiros
Links
 Sobre o Site
 Glossário
 Créditos
Mensagens Arcanas
E-mail


powered by FreeFind

Personagens dos Reinos Esquecidos
 
Arte por Kevin McCann
Clique para abrir imagem maior
(Imagem: Ravenloft: Champions of the Mist)

Gondegal
Antes: Cormyr (Forgotten Realms)
Hoje: Falkovnia (Ravenloft)

A história de Gondegal começa no mundo de Faerun, em Forgotten Realms. No ano de 1352 CV, Gondegal e uma força de mercenários tomaram a cidade de Arabel, no reino de Cormyr. A intenção era criar seu próprio reino, com a corte naquele local. Apesar de ser um guerreiro valente e um general experiente, Gondegal não tinha talento para reinar. Em pouco tempo, suas vitórias foram revertidas por um exército combinado de forças da Sembia, Cormyr, Tilverton, e de muitas das Terras dos Vales. Ele fez poderosos inimigos em suas ações e seu exército não conseguiu alianças.

Depois que os exércitos de Cormyr liberaram Arabel, Gondegal desapareceu. O povo do local acreditava - e ainda acredita - que ele tenha se tornado um rei bandido. Histórias do "Rei Perdido" e sua legião de fanáticos seguidores persiste em forma de histórias sobre ataques a caravanas e outras ações.

Na verdade, o destino de Gondegal foi bem diferente. Ele fugiu de Cormyr para um lugar muito mais distante do que havia planejado. Percorrendo um nevoeiro para escapar dos perseguidores, Gondegal foi colhido pelas Brumas de Ravenloft. Ele terminou emergindo nos domínios de Falkovnia.

Primeiramente, Gondegal ficou intrigado com a natureza militar da vida sobre as mãos de Vlad Drakov. Mesmo não aprovando as atrocidades cometidas pela monarquia de Falkovnia, sua experiência de general o fazia entender da necessidade de manter a ordem sobre as classes. Com o tempo, Gondegal começou a entender que havia mais naquela terra, do que ele havia visto. O odor do mal que preenchia Falkovnia começava à chocá-lo. Entretanto Gondengal demorou de agir. Ele ponderou que seu fracasso em Faerun foi devido em parte a pressa em que agiu. Como dizem em Arabel até hoje, "A ambição de Gondegal é muito maior do que a sua espada". Desta vez, ele estava determinado, não a ser um conquistador, mas um libertador. Ele tomaria o controle de Falkovnia e ao mesmo tempo, a população o apoiaria.

Infelizmente a campanha de Gondegal falhou. Mesmo escapando, seus aliados e sua organização foram esmagados antes mesmo de começarem a dar o golpe. Mais uma vez a derrota mudou a vida de Gondegal.

Na fuga dos exércitos de Falkovnia, Gondegal chegou a vizinha Necrópolis (Darkon). Ele esperava encontrar refúgio, e ficou sabendo que entrara em em uma terra que sempre batalhou contra os exércitos de Vlad Drakov. Iria procurar o comandante daquela nação, entretanto foi atacado por um trio de vampiros. Mesmo com sua habilidade e o poder de sua espada mágica, Gondegal caiu perante as terríveis criaturas. Após sugar grande parte da força vital de Gondegal, o Rei Perdido foi deixado na escuridão, certo de que sua vida tinha chegado ao fim.

As brumas, no entanto, tinham decretado outra coisa. Gondegal acordou vários dias depois. Estava duramente ferido e foi atendido por um membro de poderosos cavaleiros. Esta guerreira, que apresentou-se como Helna Vladinova, era um membro do Círculo, uma organização composta por Cavaleiros da Sombra de Ravenloft.

Nos meses que se seguiram em sua convalecência, Gondegal conversou muito com esta mulher que o salvou. Quando ficou bem o suficiente, decidiu que sua vida estava desencaminhada. Ele começou a ponderar que existia um importante trabalho para ser feito em Ravenloft e que pessoas como Helna o estavam fazendo. Então decidiu juntar-se ao Círculo e tornar-se um Cavaleiro das Sombras.

Nos anos seguites, Gondegal cresceu em sabedoria e gradualmente recuperou-se do ataque dos vampiros. Ele tomou para si as aflições dos Falkovianos e fez o bem estar deles a meta de sua vida. Como um Cavaleiro das Sombras ele fez o voto de não desistir na sua guerra contra Vlad Drakov até que o ditador morra, ou ele próprio.

A dedicação de Gondegal a sua nova ordem lhe deu o respeito e adminiração de seus pares. Em 751, ele se submeteu a cerimônia da Ascenção Final e se tornou o líder da ordem. Gondegal, o Rei Perdido, é agora mais que o princípe bandido que o povo de Arabel acreditava. O rei perdido juntou grande força interior porque acredita que finalmente encontrou uma meta na vida. Sua dedicação ao Círculo é absoluta e essa vida mudou suas convicções. Ninguém conseguirá que Gondegal se desvie de seu dever. Ele gostou da idéia de ser um herói. No passado, era respeitado pelos seus seguidores e temido pelos seus inimigos e pelo povo. Agora seus aliados e inimigos têm a mesma opinião, mas a população elogia seus esforços em seu benefício. O povo o reconhece como defensor dos oprimidos e aliado dos fracos.

O gosto de Gondegal por aventuras não cessou com a sua entrada no Círculo. Ele ainda prefere uma luta a outra postura ou à diplomacia.. Sua escolha de inimigos mudou, e ele ataca somente aqueles que conquistaram a sua ira. Gondegal também aprendeu algo novo como Cavaleiro das Sombras. Descobriu a piedade, um conceito estranho para aquele guerreiro que um dia tentou forçar ao povo de Arabel o seu comando.

Nos Últimos Dias de Glória:

Gondegal nunca apareceu pessoalmente na campanha, entretanto, seu filho, Vorik Aris (Aris é filho de Gondegal apenas na campanha Os Últimos Dias de Glória, no histórico oficial de Forgotten Realms ele apenas foi um de seus aliados) quer conseguir o que o Rei perdido não conseguiu, conquistar não só Arabel, como também Cormyr.

Fonte sobre o personagem:

Suplemento de jogo

Forgotten Realms Campaign Setting 1ª edição
Forgotten Realms Campaign Setting 2ª edição

Champions of the Mist (Livro fonte de Ravenloft)

Romances

Nenhum


Os Últimos Dias de Glória © Todos os direitos reservados 2004 - Forgotten Realms™ e seus personagens são marcas registradas da Wizards of The Coast Inc.
This page is a fan site and is not produced or endorsed by Wizards of the Coast. Forgotten Realms is a registered trademark of Wizards of the Coast, Inc.