Os Últimos Dias
de Glória
O que é RPG
Página Principal
A Comitiva da Fé
Definição
Histórias
Última História
Personagens
Jogadores
Galeria de Arte
Diversos
Forgotten Realms
 Definição
 Geografia 
 Divindades
 O Mundo
 Organizações
 Personagens
Artigos
 Galeria
Suplementos
Autores
Site
 Matérias
 Downloads
 Notícias
 Parceiros
Links
 Sobre o Site
 Glossário
 Créditos
Mensagens Arcanas
E-mail


powered by FreeFind

Personagens dos Reinos Esquecidos
 

Arte por Rubinho e Oliver Borges
Clique para abrir imagem maior
(Imagem: Exclusiva do Site)

Vorik Aris
Arabel, Cormyr

Em 1352 CV, um nobre chamado Gondegal pretendia fazer um reino para si próprio centrado na cidade de Arabel. Ele contava com um tropa de mercenários, soldados e um outro nobre que o protegia secretamente, seu nome era Lorde Vorik Aris. Aris e Gondengal achavam que Cormyr era um reino muito grande para apenas um rei governar. Eles pretendiam tomar o território ao norte, até as Montanhas da Boca do Deserto, e a leste até a fenda de Tilver.

Eles conseguiram governar por oito dias até que suas forças ruíram, muitos debandaram e então Gondegal fugiu para o norte e desapareceu completamente. Anos depois, Vorik Aris resolveu fazer uma nova rebelião, para ele, agora seria diferente, pois não cometeria os mesmos erros de Gondegal. Ao contrário deste último, Aris acumulou um grande tesouro para financiar seu exército, que não é só formado por mercenários humanos, mas também por uma legião de criaturas goblinóides, em sua maioria orcs, todos concentrados em uma fortaleza quase intransponível nas montanhas do norte. Através do conhecimento de Ratakos, um mago necromântico; Tanatha, uma sacerdote de Talos e de vários espiões espalhados por Cormyr, Vorik descobriu a existência de artefatos de grande poder que poderão ajudá-lo nos seus planos de conquista. Estes artefatos são Os Quatro de Cormyr, quatro itens encantados há muito tempo que faziam parte do tesouro real, mas se perderam com o tempo. Há rumores de que Aris conseguiu obter um desses itens, o Brasão de Ferro, um disco metálico de duas polegadas de diâmetro com o símbolo da família real de Cormyr.

Vorik Aris é um homem bonito, inteligente e de meia idade. Ele é muito ambicioso e determinado, É sagaz e um excelente estrategista. Sua habilidade na espada é invejável.

Nos Últimos Dias de Glória:

O mago real de Cormyr, Vangerdahast, pediu para que a Comitiva da Fé investigasse as atividades de um grupo de mercenários no norte de Cormyr. Vangerdahast suspeitava que estes mercenários estariam em busca dos famosos Quatro de Cormyr, itens mágicos que faziam parte do tesouro real, portanto os heróis deveriam chegar antes para impedir que mãos nefastas tomassem os itens.

Após alguns conflitos o grupo descobriu que quem chefiava estes mercenários era Vorik Aris, o filho de Gondegal, e ele pretendia fazer um reino tomando metade de Cormyr. A Comitiva, unido com os fantasmas dos Espadas Rompe Estrelas, uma divisão de dragões púrpuras que tinham sido mortos pelas forças de Gondegal, conseguiram derrotar o exército de Aris. Logo depois, William Magnus, paladino de Helm, amputou o braço do Lorde Aris, recuperando assim o Brasão de Ferro e os três anéis de Tymora. Entretanto o tirano conseguiu fugir.

Recentemente, Vorik Aris, aliado a seres das trevas, formou uma legião interminável de criaturas goblinóides e atacou o reino de Cormyr, dominando várias cidades entre elas Arabel. Ele recuperou os três anéis de Tymora e agora está em posse da Espada do Guerreiro, um item mágico sagrado para os elfos de Cormanthor. Após muitos meses de ocupação, Vorik proclamou o território tomado como seu novo reino, Nova Gondyr.

Fontes sobre o personagem:

Suplementos de jogo

The Four from Cormyr

Romances

Nenhum



Os Últimos Dias de Glória © Todos os direitos reservados 2004 - Forgotten Realms™ e seus personagens são marcas registradas da Wizards of The Coast Inc.
This page is a fan site and is not produced or endorsed by Wizards of the Coast. Forgotten Realms is a registered trademark of Wizards of the Coast, Inc.