Os Últimos Dias
de Glória
O que é RPG
Página Principal
A Comitiva da Fé
Definição
Histórias
Última História
Personagens
Jogadores
Galeria de Arte
Diversos
Forgotten Realms
 Definição
 Geografia 
 Divindades
 O Mundo
 Organizações
 Personagens
Artigos
 Galeria
Suplementos
Autores
Site
 Matérias
 Downloads
 Notícias
 Parceiros
Links
 Sobre o Site
 Glossário
 Créditos
Mensagens Arcanas
E-mail


powered by FreeFind


Cosmologia


O Plano Material que abriga o mundo de Toril é um entre muitos planos de existência. Além de Toril, existem os Planos Elementais, os Planos de Energia Positiva e Negativa, e muitos reinos de deuses, criaturas, e demônios (coletivamente chamado de Planos Externos). Os Planos Etéreo e das Sombras completam o Material, com o Plano Astral conectado a todos eles.

Planos Elementais: O Plano Elemental é constituído pelos fundamentos da natureza: Ar, Água, Terra e Fogo. Lugar inóspito de pura matéria, é habitado por elementais, elementais dominantes (chamados também de "lordes"), gênios, e outros associados aos elementos. É no Plano Elemental que fica a morada de Kossuth e outras divindades elementais de Toril.

Planos de Energia: A fonte do Plano de Energia Positiva é a energia da vida, representando uma constante força dirigida pelo poder da criação, e seus efeitos permeiam o Plano Material. O Plano de Energia Negativa representra entropia e a inevitável mudança da vida para a morte, e neste processo arranca matéria de Toril no Plano Material.

Plano Etéreo
: O Plano Etéreo é um contínuo nebuloso que coexiste com o Plano Material. Individualmente pode-se ver o Plano Material do Plano Etéreo, mas não vice-versa. Geralmente ele é acessado por encantamentos específicos.

Plano das Sombras: O Plano das Sombras é um plano coexistente como se fosse um negativo de uma fotografia do Material. Ele é acessado através de sombras comuns usando encantamentos específicos, como a magia Andar nas Sombras. A Sombra pode ser manipulada para criar objetos e criaturas por aqueles que tem este recurso. Há uma teoria de que o Plano das Sombras pode levar a outros planos desconhecidos da cosmologia de Toril.

Plano Astral: O Plano Astral é um vasto e grande plano com conexões para todos os outros. É um lugar esvaziado, a não ser por porções de matéria de outros planos e portais que são conduzidos a outras dimensões. Magias como Projeção Astral e Portão dão acesso ao Plano Astral.

Planos Externos: Os outros planos conhecidos são lares de deuses e seres estranhos. O Abismo, casa de incontáveis hordas de demônios (tanar'ri), e Baator, casa de demônios hierárquicos (baatezu). Os planos dos deuses são geralmente ocupados por poderes divinos do panteão ou os de aspecto similar. Cada deus associado com o plano tem um reino numa parte dele, os deuses mais poderosos tem grandes reinos.

Os Planos Externos

O panteão de Faerûn é formado por deuses de diferentes origens, sendo alguns provenientes de outros mundos. Isto faz com que estes não existam apenas em um só plano, pois além do panteão de Faerûn existem outros em outras existências. Segue uma lista de planos focados nos deuses de Faerûn. Outros panteões de Toril (formados por diferentes espécies de humanóides, dragões, gigantes e outros monstros, além de deuses locais de regiões como Kara-tur, Zakhara, e Maztica) habitam planos com muitos domínios, como os elfos no reino de Arvandor. Cada plano é descrito com os deuses residentes, além das conexões entre os planos através de portais. Dois deuses de Faerûn não habitam os Planos Externos: Gargauth e Ulutiu. Ulutiu adormece no Plano Astral, e Gargauth, sendo exilado de Baator, reside somente no Plano Material.

Abismo: Muitos lordes abissias.
Arvandor: O panteão élfico (Seldarine) e Eilistraee. Hanali Celanil mantém um portal para o reino de Sune em Água Brilhante, e todo o panteão mantém um portal para o reino de Hlal em Dragon Eyrie.
As Barreiras da Destruição e do Desespero: Bane (distante dos outros), Beshaba, Hoar, Loviatar, e Talona.
Água Brilhante: Lliira, Sharess, Sune, Tymora, e Waukeen. Sune mantém um portal para o reino de Hanali Celanil em Arvandor. Sharess tem um pequeno reino em Heliopolis, casa de seu panteão nativo. Tymora mantém um portal para Campos Verdes.
Cynosure: Não há residentes permanentes.
Buraco das Teias Demoníacas: Lolth e todo o panteão drow. (Eilistraee tem um reino neste lugar, mas raramente o visita). O panteão mantém portais para várias camadas do Abismo.
Dragon Eyrie: O panteão dos dragões. Tiamat mantém um portal para este plano. Hlal mantém um portal para o reino de Erevan Ilesere em Arvandor.
Casa dos Anões: Moradin e todo o panteão dos anões, exceto Duergar e Derro.
Coração de Dweomer: Azuth, Mystra, Savras, e Velsharoon (que não é popular mas tem proteção de Talos).
Planos Elementais: Os domínios elementais Akadi (Plano do Ar), Grumbar (Plano da Terra), Istishia (Plano da Água), e Kossuth (Plano do Fogo).
Hades: Jergal e Kelemvor.
Coração da Fúria: Auril, Malar, Talos, e Umberlee.
Portões da Lua: Finder Wyvernspur, Selûne, e Shaundakul.
As Colinas Douradas: O panteão dos gnomos, excetuando Urdlen (seu reino é adjacente ao Abismo). As Colinas Douradas tem conexão com o reino de Gond.
Campos Verdes: O panteão halfling. Brandobaris tem um reino aqui, mas raramente está presente, prefere estabelecer pequenos reinos em outros planos. Este plano é conectado ao reino de Tymora.
Martelo Rígido: As forças de Duergar, Deep Duerra e Laduguer.
Heliopolis: O panteão de Mulhorand e Tiamat. Tiamat mantém um portal para o plano do panteão dos dragões.
Casa do Conhecimento: Deneir, Gond, Milil, e Oghma. Gond mantém um portal para as Colinas Douradas.
Casa da Natureza: Chauntea, Eldath, Gwaeron, Lathander, Lurue, Mielikki, Nobanion, Shiallia, Silvanus, Ubtao, vários lordes dos animais e divindades das criaturas da natureza (aarakocras, centauros, entre outros). Os deuses deste plano mantém um portal para Arvandor.
Casa da Tríade: Helm, Ilmater, Siamorphe, Torm, e Tyr.
Baator: Noves Arquidemônios, outros demônios baatezus. Alguns mantém portais para os reinos de Bane, Loviatar, e Talona.
Nishrek: Panteão dos orcs.
Plano das Sombras: Mask e Shar.
O Trono Supremo: Cyric.
Repouso dos guerreiros: Garagos (hostil a todos os outros), Cavaleiro Escarlate, Tempus, Uthgar (distante de todos menos de Tempus), e Valkur.



AO

Ao é o deus supremo de Toril. Ele é responsável pela criação dos primeiros deuses de Toril e mantém a balança cósmica. Ao era completamente desconhecido para os mortais até antes do Tempo das Perturbações, quando ele exilou os deuses em Faerûn para que andassem em formas mortais, os punindo por terem abdicado de suas responsabilidades. Ao é um poder superior entre os deuses de Toril: tem a capacidade de esmagar, banir, ou destruir qualquer um deles, e pode elevar mortais a níveis de divindades se estes aceitarem as responsabilidades e deveres do estado divino. Mesmo sendo adorado por alguns mortais, Ao não concede poder a eles. Ele é o deus dos deuses. Não se sabe se foi ele que estabeleceu a fundação da cosmologia de Toril.


Cynosure


Cynosure é um pequeno plano localizado e muito escondido - cosmologicamente falando - para Toril. Somente deuses podem acessá-lo, e somente através de seus domínios. É considerado um ambiente neutro para as forças de Faerûn, um lugar de disputas e punições a divindades que ameaçem o equilíbrio. Cynosure não pode ser usado da mesma maneira como ocorre com Toril, as divindades o acessam com portais localizados em seus reinos. Várias divindades podem ser encontradas esporadicamente em Cynosure a qualquer hora, mas geralmente não são mais que doze. Em outras épocas, este lugar era bastante inóspito.


Fonte: Forgotten Realms Campaign Setting 3rd Edition WotC
Os Últimos Dias de Glória © Todos os direitos reservados 2004 - Forgotten Realms™ e seus personagens são marcas registradas da Wizards of The Coast Inc.
This page is a fan site and is not produced or endorsed by Wizards of the Coast. Forgotten Realms is a registered trademark of Wizards of the Coast, Inc.